População questiona demolição e ressalta importância de prédio histórico de Camaçari

Diversos questionamentos giram em torno da demolição de um prédio histórico na Avenida Eixo Urbano Central, realizada no último domingo (9). Moradores de Camaçari indagam que o edifício fazia parte da história do município e que o mesmo apresentava “boas condições”. Comerciantes no entorno do local temem que também sejam prejudicados.

Vendedora de uma loja próxima ao prédio, Ana Lúcia, 25 anos, contou que não via necessidade de demolir o edifício, pois o mesmo estava em boas condições. “Eu não acho que tinha necessidade de ter derrubado aquele prédio, o que tem ao lado a gente vê que está destruído, mas o outro? Estava em boas condições, realmente não entendo”, questiona.

A lojista ainda comenta que teme que haja a demolição do outro prédio em que funcionava o cinema, e assim, a loja seja demolida também. “Se derrubar o outro prédio, o do cinema, aí já vai entrar aqui, vão acabar derrubando a loja também”.

Demolição de prédio histórico em Camaçari. Foto: Hyago Cerqueira

O edifício já foi sede da Prefeitura de Camaçari, da Câmara Municipal, da Secretaria de Cultura e do Arquivo Público. Há 40 anos no local, Jorge Silva, conhecido como Jorge Barbeiro, é proprietário de uma barbearia ao lado de onde estava localizado o edifício e afirma que o prédio representava a história de Camaçari. “Eu acho ridículo isso que fizeram, disseram que ia ser reformado e foi demolido, era um prédio que representava a história de Camaçari, já foi até a prefeitura, então não tem cabimento fazer isso”, relata.

Para Joana Lima, 60 anos, a demolição prejudica todos que trabalham nas proximidades. “Isso é errado, não pode fazer isso, as pessoas que trabalham ali perto vão ser prejudicadas com certeza”, ressalta.

O jovem Vitor Santos, 19 anos, questiona se não haveria a possibilidade de reaproveitamento do local. “Não é possível que não dava pra reaproveitar nada, demolir um prédio como esse assim acaba com a história da cidade”.

A Prefeitura de Camaçari utilizou as redes sociais para divulgar a ilustração de como deve ficar a requalificação do Centro Histórico. Entretanto, através de comentários, diversos internautas questionam a demolição do prédio, já que o projeto fala apenas em requalificação.

“No desenho do projeto postado aí, tem um prédio igual ao que demoliram hoje de forma covarde. Aí em me pergunto, se colocam um prédio igualzinho no projeto, porque diabos demoliram um dos poucos prédios históricos da nossa combalida cidade, desrespeitando uma orientação do conselho da cultura?? Covardia. Essa é a palavra”, indaga Carlos Santos, através de comentário no Instagram.

Outro comentário, de Cynthia Gibson, destaca a importância do prédio. “Precisava derrubar o prédio público histórico que ficava no centro da cidade e já foi o TCM e a secretaria de Cultura? Povo sem história não é povo, mas sim um amontoado de gente que não tem referência, origem. Que absurdo!?!? Parabéns aos envolvidos”.

Leia também

 Sem memória: Cultura de Camaçari perde imóvel histórico no Centro

 Defesa Civil de Camaçari afirma que não recomendou demolição do prédio histórico no Centro da cidade

 Tatá Ricardo e conselheiros de Cultura são expulsos da Secult durante reunião extraordinária sobre demolição de prédio histórico

– URGENTE: laudo técnico da Defesa Civil sobre prédio histórico que foi demolido cita “necessidade de interdição imediata do local para reparos”; veja documento

Um comentário em “População questiona demolição e ressalta importância de prédio histórico de Camaçari

  • quarta-feira, 12 de junho de 2019 em 10:40
    Permalink

    Concordo com a demolição, pois só estava servindo de esconderijo para pessoas mal intencionadas durante as noites.e um outro ponto positivo é que Camaçari precisa ser uma cidade organizada e para isso é preciso fazer algumas mudanças.parabens gestão do prefeito.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.