URGENTE: laudo técnico da Defesa Civil sobre prédio histórico que foi demolido cita “necessidade de interdição imediata do local para reparos”; veja documento

Ainda sem explicação plausível, a demolição do prédio histórico que foi sede da Prefeitura, Câmara Municipal, Secretaria de Cultura e Arquivo Público ocorrida neste domingo (9), ganha mais um capítulo.

O Destaque1 teve acesso ao Laudo Técnico de Inspeção Predial do imóvel elaborado pela Defesa Civil de Camaçari.

O documento, que analisa a estrutura física do prédio e possui 13 fotografias, foi encaminhado à Secretaria de Cultura (Secult), Procuradoria Geral do Município (PGM) e Secretaria de Governo (Segov) em 3 de julho de 2018.

Leia também

 Sem memória: Cultura de Camaçari perde imóvel histórico no Centro

 Defesa Civil de Camaçari afirma que não recomendou demolição do prédio histórico no Centro da cidade

 Tatá Ricardo e conselheiros de Cultura são expulsos da Secult durante reunião extraordinária sobre demolição de prédio histórico

O laudo faz referência a identificação de danos: fissuras por toda cobertura da laje; fissuras na alvenaria interna e externa; telhado quebrado; infiltração nos dutos elétricos; e revestimento do “teto desplacando”.

No tópico considerações, o documento cita que foi constatado o risco de desabamento da laje, curto-circuito e incêndio, por isso salienta “a necessidade de interdição imediata do local para reparos do local”.

Entretanto, conforme antecipado pelo Destaque1 (veja aqui), em nenhum momento o laudo orienta a demolição do prédio.

Confira o laudo da Defesa Civil e os ofícios encaminhados para Secult, PGM e Segov.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.