Fiquem conectados conosco

Entrevistas

Manoel Filho almeja expandir condições para investimentos na área de turismo em Camaçari

O político foi eleito pelo PDT com 733 votos.

Melissa Duarte

Publicado

em

Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Em continuidade à série de entrevistas especiais com os novos vereadores de Camaçari, o Destaque1 apresenta neste sábado (26) o perfil de Manoel Filho, eleito pelo PDT com 733 votos.

Manoel Ciriaco Barbosa Filho, 41 anos, é casado e natural de Coaraci, na Bahia. Aos 14 anos, veio para Camaçari em busca de melhores condições de vida, e atualmente mora no distrito de Monte Gordo. Manoel é presbítero da Igreja Evangélica Assembleia de Deus e pai de Noemi e Felipe.

Manoel Filho. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Manoel Filho ingressou na política após realizar diversos projetos sociais na igreja de sua comunidade. Ele coordenou o projeto Mãos Que Abençoam e o Minha Casa Meu Sonho, que tem por objetivo construir e reformar casas de pessoas carentes que vivem em condição de risco. Segundo o político, essas ações despertaram o desejo de ajudar amplamente aqueles que necessitam através de um mandato.

Suas principais pautas de mandato serão o turismo, saúde, educação e transporte. O vereador destacou a criação de um Polo de Turismo que, no futuro, possa substituir o Polo Petroquímico a fim de trazer investimentos para a região. Além disso, ele pretende erradicar a linha de divisão entre a orla e a sede, que perpetua inúmeros atrasos para toda a cidade, e igualar as oportunidades.

D1- Quem é Manoel Filho?

Manoel Filho – Sou um pai de família, presbítero da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, congrego com o pastor Edvaldo Filho em Barra do Jacuípe. Cheguei aqui em 1994 com 14 anos de idade para trabalhar e acabei constituindo família aqui, fui bem abraçado por essa cidade que dá muitas oportunidades. Camaçari é uma cidade linda, muito acolhedora. Casei com Nilza Brito, princesa linda e filha dessa cidade, aqui tive dois filhos, Noemi, de 14, e Felipe, que está com 9 anos, e aqui estou como vereador eleito e diplomado para contribuir com o crescimento, avanço e com a melhora para o povo da nossa cidade.

D1 – Como decidiu fazer parte do cenário político?

Manoel Filho – Eu venho fazendo há alguns anos um trabalho social através da Assembleia de Deus, coordenando o projeto Mãos Que Abençoam, que tem muitas frentes, e uma das que me marcou muito foi o Minha Casa Meu Sonho, que tem como objetivo construir e reformar casas de pessoas carentes e que vivem em condição de risco. Através desse projeto nasceu esse desejo no meu coração de, através de um mandato, ajudar aqueles que mais necessitam, e aí nasceu também esse gostinho por política.

D1 – Quais são os principais projetos que o senhor pretende realizar como vereador?

Assista:

D1- Na avaliação do senhor, quais os pontos fortes e fracos da gestão Elinaldo?

Manoel Filho – O ponto forte é que investiu muito em pavimentação asfáltica, porém, houve muita precariedade na saúde, na questão do investimento no turismo e no transporte, mas um governo é feito de erros e acertos. O povo de Camaçari deu ao governo Elinaldo mais uma chance para que esses erros e esses pontos fracos venham agora, nesse segundo mandato, ser reavaliados, e que ele dê uma olhadinha melhor nas áreas em que ficou muita coisa pendente.

Manoel Filho. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

D1 – Quais são os maiores problemas do município hoje? Como a Câmara pode contribuir para superá-los?

Manoel Filho – Hoje, um dos maiores problemas de Camaçari é o desemprego, que vem aumentando a cada dia, a falta de segurança, as drogas assolando, e a Câmara pode contribuir, e muito, sim, fazendo políticas públicas, ajudando o Executivo, cobrando e brigando. Sabemos que segurança pública é um dever do estado, mas a Câmara não pode se calar, a Câmara tem que criar comissão e ir pra cima e brigar mesmo para que o governo venha dar assistência ao município. Segurança pública não é só polícia na rua, mas iluminação, roçagem, serviço de limpeza… tudo isso traz segurança, e cobrar do governo municipal a tão sonhada guarda municipal, que ajuda muito e inibe muitas pessoas que têm a intenção de fazer o mal ao cidadão de bem.

D1 – Sendo morador do distrito de Monte Gordo, como o senhor irá incluir a orla em seu mandato?

Assista:

D1 – Como o senhor avalia o governo estadual e federal?

Manoel Filho – Para mim o governo estadual é péssimo, principalmente aqui no nosso município. Temos hoje um hospital geral, que é do governo, completamente sucateado, uma segurança pública precária e não há nenhum investimento. Para mim ele é o pior governo que nosso estado já teve. A minha avaliação sobre o governo federal é bom, é um governo que pegou um país em uma situação muito complicada, tem tentado fazer uma boa gestão, mas também tem uma classe, neste país, da esquerda, que vem tentando disseminar muita coisa contra e ele não tem conseguido ainda deslanchar o quanto nós esperamos, mas acredito nesse governo.

Manoel Filho. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

D1 – Qual o perfil esperado pelo senhor para o próximo presidente da Casa Legislativa?

Manoel Filho – Um homem que tenha opinião própria, que não tenha um espírito lagartixa e que ele venha realmente lutar e brigar pelos interesses do povo da nossa cidade. Fazendo isso, ele terá o total apoio de Manoel Filho.

D1 – Deixe uma mensagem para seus eleitores e para aqueles que ainda não te conhecem.

Ouça:

UNIÃO 1
CAMAÇARI CARD
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1
HELLOA

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.