É São João: veja como equilibrar a alimentação neste período de festas juninas

Confraternizar é o principal propósito do São João. Neste período do ano, muitas pessoas saem da capital para o interior, seja para reencontrar familiares ou para aproveitar o clima da zona rural. Mas no quesito gastronomia, algumas armadilhas requerem nossa atenção.

De acordo com a nutricionista do Hapvida Saúde, Cíntia Menezes, as comidas tradicionais da época, apesar de deliciosas, são altamente calóricas. “Os pratos são muito gordurosos, além de terem açúcar em excesso ou gorduras na composição. O pé de moleque e a paçoca, por exemplo, são os alimentos que mais se destacam quanto ao teor calórico”, pontua.

As praças e vilas montadas nas cidades costumam ter barracas com variadas iguarias. Nesse cenário, Cíntia alerta para que o consumidor preste bastante atenção ao aspecto das barracas, sobretudo a limpeza. “O uso de toucas e luvas pelos vendedores é um indicativo se existe ou não a preocupação com a higiene do próprio estabelecimento”, destaca. A especialista aponta que as comidas desta época são altamente perecíveis. O milho cozido por exemplo, precisa estar a uma temperatura de 60° a 70°C dentro dos ‘panelões’.

Voltando à rotina

Nos dias pós-festas, o excesso de sódio e álcool pode causar um inchaço físico. Para reduzi-lo, a nutricionista orienta o consumo de comidas que estimulem o trabalho dos rins e a expulsão do sódio, a glicose e líquido retido do organismo. O abacaxi, por exemplo, é um alimento rico em uma substância chamada bromelina, que tem ação diurética e ajuda nesses casos. Para hidratar o corpo, o melão e melancia são excelentes opções.

Confira algumas dicas para aproveitar bem a festa:

  • Substituir o leite integral pelo desnatado;
  • Substituir a farinha branca por integral;
  • Dê sempre uma pausa entre uma comida e outra;
  • Brinque, dance e se divirta mais um pouco até o próximo quitute;
  • Coma devagar para gerar a sensação de saciedade;
  • Modere no consumo do licor e outras bebidas alcoólicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.