Fiquem conectados conosco

Geral

Em audiência pública, Sesau presta contas das atividades do 3º quadrimestre de 2018

Avatar

Publicado

em

A Secretaria da Saúde de Camaçari (Sesau), através do secretário Elias Natan, apresentou à população e aos vereadores o balanço das atividades do 3º quadrimestre de 2018. A prestação de contas aconteceu durante audiência pública realizada na manhã desta segunda-feira (25), no plenário da Câmara Municipal.

De acordo com gestor da pasta, Camaçari melhorou os investimentos na área e as ações realizadas superaram as expectativas com resultados superiores em comparação aos anos de 2016 e 2017. “Aumentamos o atendimento à população em diferentes especialidades médicas”, mencionou.

Segundo Elias Natan, em 2018, a cobertura da Atenção Básica, que envolve Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF), cresceu para 86,50%. “Hoje temos 67,30% de cobertura através de equipes de saúde da família. Quando assumimos em 2017 tínhamos menos de 50%. Outro grande avanço foi a implantação de mais um Núcleo de Atenção a Saúde da Família na orla e a entrega de mais oito unidades de saúde totalmente requalificadas”, afirmou.

O titular da Sesau falou também sobre a entrega das USFs, que foram reformadas, e sobre o aumento no estoque de remédios, que passou de 20%, em 2016, para 81%, em 2018. Além disso, a Secretaria de Saúde realizou treinamentos com mais de 700 servidores da saúde das equipes de Saúde da Família e com  370 Agentes Comunitários de Saúde para o atendimento a pacientes com hipertensão e diabetes.

Elias Natan relatou que em 2018 foram realizados, através da Regulação Ambulatorial Descentralizada, o agendamento de 1.145.443 consultas e exames através do SISREG. “Não podemos esquecer também do nosso mutirão de cirurgias onde foram 1.056 atendimentos realizados e 872 cirurgias programadas e que estão acontecendo aqui mesmo em Camaçari”, explicou.

Sobre Atenção Especializada, o secretário destaca  a criação do Centro de Atenção a Saúde da Criança e a reinauguração do Pronto Atendimento Dr. Artur Sampaio, em Vila de Abrantes, que ampliou os serviços e a capacidade de atendimento. Em 2018, foram realizadas mais de 310 mil consultas médicas especializadas nas 34 especialidades disponíveis no SUS Camaçari.

Com espaço aberto para questionamentos das pessoas que acompanhavam a audiência, algumas perguntas foram direcionadas para o secretário. O estudante Marlon Tolentino questionou sobre como funciona a parceria entre o Sistema Único de Saúde (SUS) e as clínicas particulares. O secretário informou que a própria legislação do SUS prevê a parceria com entidades privadas e que isso acontece em Camaçari. “O nosso objetivo é levar uma melhor qualidade de vida à população e contamos com diversas parcerias importantes”, respondeu.

Cleonice, moradora de Barra do Pojuca, deu seu relato sobre a dificuldade na realização de cirurgia em Camaçari. Ela contou que muitos idosos precisam pegar filas enormes debaixo do sol e da chuva em Salvador porque não conseguem realizar o procedimento aqui no município. O secretário explicou que o Hospital Geral de Camaçari (HGC) só faz cirurgias de emergência, por isso o município encaminha as pessoas para os hospitais mais qualificados em Salvador.

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. _____________________________

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.