Fiquem conectados conosco

Política

Dilson Magalhães solicita instalação de delegacia especial para crianças e adolescentes em Camaçari

O município não possui nenhuma delegacia especializada nessa área.

Avatar

Publicado

-

Foto: Hyago Cerqueira/Destaque1

A problemática da violência contra crianças e adolescentes foi pauta de debate dos vereadores de Camaçari durante a 10ª Sessão Ordinária da Câmara, realizada na manhã desta terça-feira (20).

O tema veio à luz a partir da leitura da indicação nº 495/2020, de autoria do vereador Dilson Magalhães Júnior (PSDB), que pede ao Poder Executivo que o mesmo solicite ao Governo do Estado a instalação de uma unidade da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (DERCCA). O parlamentar afirma vir recebendo muitas queixas em relação a essa situação, durante suas visitas às comunidades.

“Temos recebido muitas queixas em relação aos altos números de casos de violência contra a criança e o adolescente. Por isso, pedimos que Camaçari conte com uma unidade especializada para tratar desse problema que afeta a nossa comunidade. Não podemos, como entes públicos, seguir falhando na construção de mecanismos que protejam os nossos jovens”, afirmou.

Também foi lida na Sessão Ordinária de hoje a mensagem nº 013/2020, de autoria do Poder Executivo, que encaminhou para a Casa Legislativa o Projeto de Lei (PL) nº 1012/2020, que estima a receita e fixa as despesas do município de Camaçari para o exercício financeiro de 2021. A matéria, que é mais popularmente conhecida como Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021, segue para apreciação nas Comissões Legislativas.

CAMAÇARI CARD
SUPERLIMP

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.