Fique conectado conosco
ATIVA
Resultado Eleição 2022

Últimas

Brasil tem mais de 31 mil denúncias de violência doméstica ou familiar contra mulheres até julho de 2022

Dados da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos abrangem atos de violência física, sexual, psicológica, moral e patrimonial; saiba diferenciá-los.

Avatar

Publicado

em

Brasil tem mais de 31 mil denúncias de violência doméstica ou familiar contra mulheres até julho de 2022
Foto: Reprodução

Neste Agosto Lilás, mês de conscientização contra todos os tipos de violência doméstica sofridos por mulheres, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) disponibiliza informações sobre as cinco formas em que essas violações podem acontecer, seja a violência física, sexual, psicológica, moral ou patrimonial, e como os cidadãos podem denunciar junto à Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos (ONDH). No primeiro semestre de 2022, a central de atendimento registrou 31.398 denúncias e 169.676 violações envolvendo violência doméstica contra mulheres.

O número de casos de violações aos direitos humanos de mulheres, acima apresentados, são maiores do que as denúncias recebidas, pois uma única denúncia pode conter mais de uma violação de direitos humanos. Os dados referem-se à violência doméstica ou familiar contra mulheres brasileiras até a primeira semana de julho de 2022, como ilustra o gráfico abaixo.

Publicidade
destaque-1-lateral
Resultado Eleição 2022
Ativa
Contan
Top Rastreamento
La Marine

Para a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, reforçar a importância da disseminação dos canais de denúncia para todos os atos de violência contra a mulher é sempre uma oportunidade para enfrentar a subnotificação existente no país, em caso de medo e dificuldade de a mulher sair dos ciclos de violência.

“Queremos que, cada vez mais, a informação chegue lá na ponta, até as mulheres que ainda não conhecem os nossos canais de denúncia. Sabemos que cerca de 70% das mulheres vítimas de feminicídio no Brasil nunca passaram pela rede de proteção. Por isso, reiteramos que o nosso Ligue 180 funciona 24h por dia, inclusive por WhatsApp”, enfatiza a gestora.

Brasil tem mais de 31 mil denúncias de violência doméstica ou familiar contra mulheres até julho de 2022

Fonte: MMFDH

Ciclo de violências

A psicóloga e doutora em sociologia Laura Frade indica que um dos primeiros sinais de que uma mulher está vivenciando um ciclo de violências é o seu afastamento do círculo familiar e de amigos. “Devemos ficar atentos quando um homem procura afastar a mulher da sua rede de proteção”, alertou. “Nesses casos, é comum observarmos que a mulher está frequentando menos as reuniões sociais, atendendo menos as ligações e demonstrando mais silêncio e tristeza”, apontou.

Na perspectiva do enfrentamento ao ciclo de violências, a psicóloga alerta que, por existirem diversos tipos de violência, as mulheres sentem-se ameaçadas pelo agressor mas acabam por não fazer a denúncia enquanto está em nível de violência psicológica, até que a primeira agressão física aconteça.

“Decidir por denunciar o agressor pode ser muito mais complexo para uma mulher do que os outros possam imaginar. Isso porque as mulheres tendem a colocar os interesses da família antes de si mesmas”, definiu. “A mulher até se inclui na situação, mas ela nunca é a prioridade. E, quase sempre, carrega a expectativa de que aquilo é passageiro e que ela poderá reverter a situação sem precisar denunciar”, observou. “O problema nisso é que muitas dessas mulheres não conseguem sair do ciclo de violência a tempo e, infelizmente, acabam sendo mortas pelos respectivos agressores”, ressaltou.

A psicóloga chama a atenção da população sobre a importância de denunciar atos de violência contra a mulher, mesmo quando observados por terceiros. “Hoje é possível fazer denúncias anônimas, e isso deve servir de incentivo para que, cada vez mais, a população se conscientize e ultrapasse o pensamento antigo de que ‘em briga de marido e mulher, não se mete a colher’”, frisou.

Nas palavras da psicóloga, a sociedade brasileira precisa compreender que uma mulher em situação de violência doméstica corre risco de morte. “É fundamental que tenhamos consciência de que é preciso mudar a mentalidade e agir. Somos parte integrante nesse processo de mudança de cultura. Quanto mais nos posicionarmos, chegaremos mais perto de ser uma nação em que todos são respeitados”, orientou Frade.

Violência doméstica 

Violência física é qualquer ação que ofenda a integridade ou a saúde do corpo, como bater ou espancar; empurrar, atirar objetos na direção da mulher; sacudir, chutar, apertar; queimar, cortar, ferir. Já as violações sexuais consistem em qualquer ação que force a mulher a fazer, manter ou presenciar ato sexual sem que ela queira, por meio de força, ameaça ou constrangimento físico ou moral. Entre os exemplos estão obrigar a fazer sexo com outras pessoas; forçar a ver imagens pornográficas; induzir ou obrigar o aborto, o matrimônio ou a prostituição.

No que se refere à violência psicológica, conforme a Lei nº 13.772/18, esta é “qualquer conduta que cause dano emocional e diminuição da autoestima, prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise a degradar ou a controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, violação de sua intimidade, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir, ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação”.

As violações psicológicas incluem xingar; humilhar; ameaçar e amedrontar; tirar liberdade de escolha ou ação; controlar o que faz; vigiar e inspecionar celular e computador da mulher ou seus e-mails e redes sociais; isolar de amigos e de familiares; impedir que trabalhe, estude ou saia de casa; fazer com que acredite que está louca.

No âmbito patrimonial, a violência consiste em qualquer ação que envolva retirar o dinheiro conquistado pela mulher com seu próprio trabalho, assim como destruir qualquer patrimônio, bem pessoal ou instrumento profissional. Entre as ações, constam destruir material profissional para impedir que a mulher trabalhe; controlar o dinheiro gasto, obrigando-a a fazer prestação de contas, mesmo quando ela trabalhe fora; queimar, rasgar fotos ou documentos pessoais.

Quanto à violência moral, esta é caracterizada por qualquer ação que desonre a mulher diante da sociedade com mentiras ou ofensas. É também acusá-la publicamente de ter praticado crime. Os exemplos incluem xingar diante dos amigos; acusar de algo que não fez; falar coisas que não são verdadeiras sobre ela para os outros.

Canais de denúncias

Sob a gestão do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o Ligue 180 é um canal de atendimento exclusivo para mulheres, em todo o país. Além de receber denúncias de violência, como a familiar ou política, o serviço compartilha informações sobre a rede de atendimento e acolhimento à mulher em situação de violência e orienta sobre direitos e legislação vigente.

O Ligue 180 pode ser acionado por meio de ligação, site da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH)aplicativo Direitos Humanos Brasil, Telegram (digitar na busca “Direitoshumanosbrasil”) e WhatsApp (61-99656-5008). O atendimento está disponível 24h por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.

Acompanhe o Destaque1 no Google Notícias e fique sempre bem informado.
Contribuir com jornalismo profissional e autêntico é um exercício de cidadania. Colabore com o jornalismo que apura e busca a verdade. Apoie o Destaque1 e ajude a manter a integridade da linha editorial do portal. Contribua com o valor que desejar. Chave Pix CNPJ: 13.791.382/0001-60. Good Comunicação Ltda, destaque1.com, compromisso com a verdade.
Publicidade
destaque-1-lateral
Resultado Eleição 2022
Ativa
Contan
Top Rastreamento
La Marine
Cidade do Saber sedia primeiro Campeonato de Robótica neste mês
Camaçari 4 de outubro às 16:08

Cidade do Saber sedia primeiro Campeonato de Robótica neste mês

Vivo abre mais de 400 vagas para profissionais com deficiência em várias cidades do Brasil
Brasil 4 de outubro às 16:00

Vivo abre mais de 400 vagas para profissionais com deficiência em várias cidades do Brasil

Brasil inicia preparação para amistosos contra Noruega e Itália
Esporte 4 de outubro às 15:50

Brasil inicia preparação para amistosos contra Noruega e Itália

"Lula não é uma opção eleitoral", diz Moro ao declarar apoio a Bolsonaro
Eleições 4 de outubro às 15:27

“Lula não é uma opção eleitoral”, diz Moro ao declarar apoio a Bolsonaro

Sem citar Lula, Ciro Gomes afirma que seguirá decisão do PDT
Eleições 4 de outubro às 15:02

Sem citar Lula, Ciro Gomes afirma que seguirá decisão do PDT

Polícia prende homem acusado de cometer roubos com simulacro de pistola em Dias d'Ávila
Segurança 4 de outubro às 14:40

Polícia prende homem acusado de cometer roubos com simulacro de pistola em Dias d’Ávila

Fora de casa, Vitória enfrentará Juventude Conquista pelo Campeonato Baiano Feminino no sábado
Esporte 4 de outubro às 14:37

Fora de casa, Vitória enfrentará Juventude Conquista pelo Campeonato Baiano Feminino no sábado

Índice de mortes violentas tem redução de 76% no terceiro trimestre em Dias d'Ávila
Segurança 4 de outubro às 14:00

Índice de mortes violentas tem redução de 76% no terceiro trimestre em Dias d’Ávila

Claudio Cajado foi o sétimo mais votado em Dias d’Ávila, seu berço eleitoral
Eleições 4 de outubro às 13:03

Claudio Cajado foi o sétimo mais votado em Dias d’Ávila, seu berço eleitoral

Após determinação da Justiça, Câmara de Camaçari suspende concurso público
Últimas 4 de outubro às 12:47

Após determinação da Justiça, Câmara de Camaçari suspende concurso público

Quarta edição da Feirinha “Uma muda para transformar” acontecerá no Horto Florestal neste domingo
Últimas 4 de outubro às 12:01

Quarta edição da Feirinha “Uma muda para transformar” acontecerá no Horto Florestal neste domingo

"Se ACM Neto vier conversar comigo, estou à disposição", declara Jair Bolsonaro
Eleições 4 de outubro às 11:51

“Se ACM Neto vier conversar comigo, estou à disposição”, declara Jair Bolsonaro

Eleições 2022: Alba teve 39,68% das cadeiras renovadas
Eleições 4 de outubro às 11:51

Eleições 2022: Alba teve 39,68% das cadeiras renovadas

Confira as vagas de emprego do SineBahia em Salvador e Lauro de Freitas nesta terça-feira
Emprego 4 de outubro às 11:30

Confira as vagas de emprego do SineBahia em Salvador e Lauro de Freitas nesta terça-feira

Câmara realiza apenas 30% das sessões ordinárias no segundo semestre
Política 4 de outubro às 10:58

Câmara realiza apenas 30% das sessões ordinárias no segundo semestre

Denny Françuá e Eloá Lucero comandam o fim de semana musical no Boulevard Shopping Camaçari
Cultura e Entretenimento 4 de outubro às 10:52

Denny Françuá e Eloá Lucero comandam o fim de semana musical no Boulevard Shopping Camaçari

Ingressos para Bienal do Livro podem ser adquiridos a partir desta quarta-feira
Bahia 4 de outubro às 10:24

Ingressos para Bienal do Livro podem ser adquiridos a partir desta quarta-feira

Brasil e Itália se enfrentam hoje pelo Campeonato Mundial de Vôlei
Esporte 4 de outubro às 10:05

Brasil e Itália se enfrentam hoje pelo Campeonato Mundial de Vôlei

Simm oferece 35 vagas de emprego em Salvador nesta terça-feira; confira lista
Emprego 4 de outubro às 9:50

Simm oferece 35 vagas de emprego em Salvador nesta terça-feira; confira lista

Primeira escola da Rede Sesi em Camaçari será inaugurada em 2023
Educação 4 de outubro às 9:47

Primeira escola da Rede Sesi em Camaçari será inaugurada em 2023

1XBET
COZIDINHO
1XBET
COZIDINHO
error: Alerta: para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.