Fiquem conectados conosco

Entrevistas

“O meu próximo desafio será assumir a Secretaria de Esportes”, crava Jorge Curvelo

Em entrevista ao Destaque1, o político revela quais são as expectativas para os próximos quatro anos.

Mirelle Lima

Publicado

-

Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Reeleito com 2.940 votos em Camaçari, o vereador Jorge Curvelo (DEM) encerra neste mês o mandato de presidente da Câmara Municipal. Em entrevista ao Destaque1, nesta sexta-feira (18), o político revela quais são as expectativas para os próximos quatro anos de mandato e avalia sua gestão na presidência da Casa Legislativa.

Jorge Curvelo. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Manoel Jorge de Almeida Curvelo, 60 anos, é natural de São Gonçalo dos Campos e vive em Camaçari há mais de 30 anos. Formado em direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), decidiu se fixar no município após participar de uma audiência. Ingressou na política em 2004, quando se candidatou a vereador e ficou como segundo suplente. Em 2008, foi eleito para o primeiro mandato legislativo.

Confira a entrevista:

Destaque1 – O senhor ocupa a presidência da Câmara até o fim de dezembro, e a maior parte deste ano foi enfrentando a pandemia do coronavírus. Como foi essa experiência?

Jorge Curvelo – A pandemia foi uma experiência nova dentro do nosso país, do mundo inteiro. Nós nunca passamos por uma crise tão grande, uma crise na saúde, que também gerou uma crise financeira no mundo. Foi trabalhoso. Aqui na Câmara de Vereadores nós tomamos todas as providências, todas as precauções, tivemos que fazer exames no início da pandemia. Na maioria dos nossos servidores que tiveram contato com alguns dos nossos edis que se contaminou, graças a Deus, deu tudo certo. Estivemos lado a lado com o prefeito Elinaldo, dando todo apoio, todo suporte, ao nosso prefeito. Buscamos, ao fim do nosso exercício, devolver recursos à prefeitura, com o objetivo de ajudar no combate à pandemia. Tomamos todas as providências para conviver de maneira mais tranquila, e tranquilizar também a nossa população e os nossos servidores aqui na Casa.

D1 – Na avaliação do senhor, quais foram as maiores dificuldades vistas em Camaçari durante o período em que esteve como presidente?

Assista:

D1 – O que o senhor gostaria de fazer e não conseguiu?

J.C – Eu me realizei dentro dessa missão que tive de ser presidente da Câmara, porque o que eu queria fazer eu fiz, um pouco tardio, que foi a reforma da Câmara. Foi tardia por conta de não poder fazer um trabalho como deveria no primeiro momento, quando houve o incidente em que o teto da Câmara desabou. Nós precisávamos, naquela oportunidade, de um projeto para a recuperação da Câmara de Vereadores, e, para isso, nós teríamos que contratar uma empresa para a realização do projeto, e a empresa que eu consultei me cobrou um absurdo que eu jamais faria. Com isso, nós freamos, pois me cobraram pelo projeto em torno de R$ 540 mil, e eu jamais faria isso com o dinheiro público. Não aceitei e fiz um pedido ao prefeito, que me cedeu um engenheiro do quadro da prefeitura, porque aqui não temos engenheiro e não poderíamos contratar. Então demorou aquele tempo de tramitação do engenheiro para cá. Logo após a vinda do engenheiro, foram mais quatro meses para que fizesse o projeto, que contemplou toda a área da Câmara, e tivemos a licitação, uma tarefa que demora, no mínimo, 90 dias quando não existem recursos. Depois que iniciamos o trabalho, graças a Deus, tudo seguiu da forma correta. Terminamos e foi uma reforma satisfatória, mas, mesmo durante a reforma, não paramos os trabalhos. Utilizamos o Teatro Alberto Martins para fazer as nossas sessões, sem que tenha ocorrido algum prejuízo para os trabalhos legislativos.

D1 – Em relação à gestão do senhor, qual será o legado?

Assista:

D1 – Como o vereador Jorge Curvelo irá se comportar nos próximos quatro anos? Pretende ir para o Executivo?

J.C – Eu acho que passei por vários desafios ao longo da minha vida, mas sempre com o propósito de buscar ajudar o povo de Camaçari. Estou no meu quarto mandato e recebi o convite do prefeito para que eu pudesse assumir uma secretaria, para que o esporte e o lazer cresçam no nosso município. Eu já tive um período, no início da minha caminhada rumo à política, eu fui assessor de secretário na antiga Sedel [Secretaria do Esporte e Lazer], durante a gestão Tude e Helder, com o secretário Gilberto D’Errico, e assessoria, naquela época, correspondia a subsecretaria, que não existia. Fizemos um trabalho maravilhoso no município, então eu vou encarar esse novo desafio porque o prefeito pretende fazer com que o esporte e o lazer sejam fortalecidos no município. Infelizmente, nos primeiros quatro anos não tivemos condição de demonstrar isso, mas agora ele vai investir forte no esporte e lazer. O meu próximo desafio será assumir a Secretaria de Esportes, e continuar ajudando o prefeito e a nossa população.

Jorge Curvelo. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

D1 – O senhor possui uma grande trajetória na política. O que pensa de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa?

J.C – A disputa de qualquer vaga, tanto na Assembleia como na direção do nosso município, depende do nosso grupo. Eu sou soldado de um grupo político, liderado pelo prefeito Elinaldo, e o que o grupo decidir eu estou aqui para servir. Se o grupo decidir que posso ser candidato na disputa da Assembleia Legislativa, serei, mas vejo que hoje nós temos também um grande nome, que é a nossa primeira-dama Ivana Paula, que vem se destacando muito. A população tem visto o belíssimo trabalho que ela vem realizando ao lado do nosso prefeito e junto com a nossa secretária da Sedes, mas eu estou aqui para servir o que o meu grupo decidir, o que o meu líder, nosso prefeito Elinaldo, e isso em conversa com a majoritária, o nosso líder maior, ACM Neto. Nós vamos aceitar qualquer tipo de desafio.

D1 – Deixe uma mensagem final para os camaçarienses.

Ouça:

UNIÃO 1
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1
HELLOA

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.