Festival de Arembepe: balanço de segurança é considerado ‘tranquilo’

O terceiro dia do Festival de Arembepe neste domingo (31) teve um balanço considerado tranquilo, de acordo com os profissionais responsáveis pela segurança da festa. O Corpo de Bombeiros não registrou ocorrência durante o festival. Ao todo, seis profissionais por dia trabalharam nos quatro palcos.

Já o pronto socorro registrou 19 ocorrências no sábado (30), e 25 atendimentos até às 23h50 no domingo, conforme a coordenadora da UPA, Ila Sobré. Os principais atendimentos foram relacionados a lesões físicas e overdose de álcool. No total, três ambulâncias ficam disponíveis até o fim do festival.

“Importunação sexual agora é crime”, diz a delegada da 26ª Delegacia Territorial, Daniela Monteiro, responsável pela guarnição na festa neste último dia do evento. De acordo com Monteiro, no sábado (30), uma pessoa foi presa em flagrante por importunação sexual. A pena máxima é de cinco anos. Já no domingo (31), a polícia flagrou cinco embriaguez ao volante, três pessoas foram presas. A pena varia de seis meses a três anos.

Já a Defesa Civil não registrou nenhuma ocorrência em Arembepe, porém na sede e em outras localidades da Costa houveram diversas denúncias. Segundo o coordenador do órgão, Ivanaldo Soares, a Defesa Civil recebeu 45 chamados de sexta (29) até domingo (31). As chuvas frequentes na cidade causaram quedas de árvores, inundações e alagamentos. As localidades que mais foram prejudicadas são: Jardim Brasília, Barra do Jacuípe, Estiva de Buris, Vilas de Abrantes e Pau sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.