Camaçari: roteiro TIR x Jaraguá via Bomba agora passa pelo Cristo Redentor

A Cooperativa de Transporte Alternativo e Empresarial de Camaçari (Cooastac) voltou a contemplar, desde o dia 16 de agosto (sexta-feira), o bairro Cristo Redentor na linha Terminal de Integração Rodoviário (TIR) x Jaraguá – Cristo Redentor via Bomba [bairro do Natal].

Na ida, o roteiro passa por diversos bairros, a exemplo da Gleba B, Gravatá, Parque Florestal, Ficam e Cristo Redentor.

O veículo inicia o trajeto do TIR e segue pela Avenida Deputado Luiz Eduardo Magalhães/ Rua Francisco Drumond/ Av. Eixo Urbano Central/ Rua Costa Pinto/ Rua Adelina de Sá/ Rua Parque Central/ Rua do Telégrafo/ Av. Floresta/ Rua Sucupira/ Rua das Laranjeiras/ Rua Irará/ Rua Quinta Ligação/ Rua Segundo Sendes/ Rua Segunda Ligação/ Av. Radial C/ Av. Concêntrica/ Av. Radial B/ Praça da Lua/ Praça do Sol/ Av. Rio Bandeira/ Rua Nossa Senhora da Paz.

Ao retornar, o roteiro passa pela Rua São Francisco/ Av. Rio Bandeira/ Rua Humberto de Campos/ Rua Machado de Assis/ Rua Villa Nova/ Duo Residencial Hortência/ Rua Villa Nova/ Rua Moreira Cesar/ Av. 28 de Setembro/ Rua Duque de Caxias/ Rua Eixo Urbano Central/ Rua do Alecrim/ Av. Deputado Luiz Eduardo Magalhães/ Rua Francisco Drumond/ Rua do Contorno do Centro Administrativo/ Rua Delegado Clayton Leão Chaves/ TIR.

Um comentário em “Camaçari: roteiro TIR x Jaraguá via Bomba agora passa pelo Cristo Redentor

  • quarta-feira, 4 de setembro de 2019 em 13:49
    Permalink

    Bom saber sobre essa noticia. Sou moradora do Condominio Duo Hortensias e estava sofrendo com a falta de transporte. Pois tinha e ainda tenho que me deslocar ate a Lama Preta para pegar o transporte público. Inclusive liguei várias vezes para a STT reclamando.Só preciso saber dos horários para poder me organizar melhor.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.