Dia da Mulher: a moda como ferramenta de empoderamento feminino

Dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher e apesar das conquistas nos últimos anos, ainda há muitos padrões a serem rompidos. Dentre eles, vale ressaltar o padrão estético imposto pela sociedade às mulheres. No entanto, o conceito de empoderamento feminino tem se tornado cada vez mais forte e no mundo da moda não é diferente.

Vivemos em uma sociedade machista e misógina, em que as mulheres não possuem o devido espaço. Falar de empoderamento é falar de Feminismo, movimento social e político que luta pela equidade de direitos entre homens e mulheres, que presa pela liberdade em diversas áreas, inclusive na moda.

Na era da informação em que estamos, são cada vez mais frequentes os padrões de consumo impostos pelas propagandas e anúncios de produtos que proporcionam o auge da beleza. Visto que sofremos diariamente uma pressão estética das redes sociais, é preciso analisar a moda como fator de liberdade e expressão de personalidade, para que ao se vestir a mulher manifeste a individualidade de suas características.

Para isso, é necessário percorrer um caminho de autoconhecimento, descobrir o estilo que lhe faz bem, proporciona segurança e bem-estar. Não se deixar guiar pelas imagens impostas pela mídia como significado de beleza é fundamental para esse processo, uma vez que, por viver em uma sociedade de raízes patriarcais, a mulher foi ensinada a se adaptar aos padrões impostos.

Romper padrões diariamente é essencial para alcançar o empoderamento. A moda é uma forte ferramenta neste viés, que possibilita pôr em prática a liberdade de escolha de estar antenada com as tendências do momento e ser livre para usar a peça que quiser. A moda ideal deve ter o intuito de proporcionar a satisfação e conforto, e não definir a beleza como um determinado número de manequim.

A desconstrução vista nos últimos tempos já é um bom começo e algumas marcas priorizam mostrar corpos reais, com tamanhos e formas reais, o que destaca a importância da representatividade na mídia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.