Vendas do varejo crescem 2,4% em julho na Bahia

Em julho, as vendas do varejo na Bahia voltaram a crescer (2,4%) em relação ao mês anterior, na série livre de influências sazonais, após a queda de 4,1% registrada na passagem de maio para junho.

Foi o terceiro melhor resultado entre os estados, abaixo apenas de Mato Grosso (5,4%) e Rio de Janeiro (2,7%), e melhor que a média nacional (1,0%). O desempenho do varejo baiano nessa comparação (de junho para julho) foi ainda o melhor desde 2006, quando as vendas haviam crescido 3,3%.

Na passagem de junho para julho, só 6 dos 27 estados tiveram quedas nas vendas, com destaque para Amazonas (-1,9%) e Roraima (-1,6%).

Na comparação com o mesmo mês de 2018, os resultados do varejo baiano também voltaram a ser positivos em julho (3,5%), após o recuo verificado em junho (-3,5%). Embora tenham crescido menos que a média nacional (4,3%), as vendas no estado tiveram o melhor julho desde 2012, quando haviam avançado 9,6% nesse confronto.

Com os resultados de julho, as vendas do varejo baiano seguem em alta tanto no acumulado no ano de 2019 (1,1%) quanto no acumulado em 12 meses (1,0%). Ambos os resultados estão, porém, um pouco abaixo dos verificados no Brasil como um todo (1,2% e 1,6%, respectivamente).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.