Planifica SUS Bahia: seis cidades assinam termo de compromisso; Camaçari será referência

Começou ontem (15) e segue até hoje (16), a cerimônia de implantação do projeto Planifica SUS Bahia. O evento acontece na Câmara Municipal de Simões Filho. As primeiras cidades beneficiadas são: Simões Filho, Camaçari, Mata de São João, Lauro de Freitas, Dias D’Ávila e Conde. Todas, na ocasião, assinam o Termo de Compromisso com o projeto.

Na Bahia, o projeto será iniciado primeiramente em duas regiões consorciadas de Saúde: a região de Simões Filho e a Região de Valença. A etapa preparatória ocorre desde abril deste ano, quando a proposta foi detalhada para os municípios convidados a compor o projeto.

O Planifica SUS é um projeto do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde (CONASS), operacionalizado pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) do Ministério da Saúde, e executado pela Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein. O prazo para conclusão do projeto é dezembro de 2020.

Camaçari

De acordo com o secretário de Saúde de Camaçari, Elias Natan, o município será uma das referências para outras cidades. “Camaçari vai servir enquanto projeto piloto, visto que o laboratório central será uma unidade nossa, a Unidade de Saúde da Família do Novo Horizonte, que servirá de referência para os demais municípios. No local serão treinados todos os profissionais, desde os servidores da vigilância à equipe médica, com foco na qualificação desses microprocessos de trabalho, padronizando ao nível do Hospital Albert Einstein, considerado de excelência no país, e que é o executor do projeto. A finalidade é padronizar e melhorar o atendimento, tornando-o mais eficiente e eficaz”, concluiu.

Já prefeito Elinaldo Araújo (DEM) disse receber o projeto de forma muito positiva. “Estamos buscando a unidade e priorizando a atenção básica, que é o caminho para melhorar a saúde. É preciso que os municípios compreendam que Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e hospitalares são sempre a última instância a ser utilizado pelo paciente. Temos que cuidar da porta de entrada do usuário, fazer a prevenção, que acontece na saúde primária”, enfatizou.

Além do laboratório central, que fica em Camaçari, os outros cinco municípios contarão com unidades laboratórios locais que servirão de referência para os demais postos de saúde da própria cidade. O número de laboratórios de cada cidade é definido com base no fator populacional, e Camaçari, além do central, contará com mais quatro, as Unidades de Saúde da Família (USF’s) do jardim Limoeiro, Parafuso, Areias e Fonte das Águas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.