Fiquem conectados conosco

Geral

No verão, é preciso cuidados para evitar queimadas; confira orientações da Defesa Civil

Avatar

Publicado

-

Nos meses com temperaturas mais quentes, quando o período é mais seco e sem chuvas na região, a preocupação se concentra nos incêndios e queimadas.

O número de queimadas em Camaçari é considerado alto pela Defesa Civil. No mês de outubro de 2019 foram registradas 50 ocorrências de fogo em vegetação, um aumento de 10% em relação ao mesmo mês de 2018; e seis incêndios em residências, um aumento de 15% em relação ao mesmo período de 2018.

De acordo com Ivanaldo Soares, coordenador da Defesa Civil, é recomendado que os cidadãos evitem queimadas. “Muitas coisas podem ser feitas para evitar as queimadas e muitas delas são muito simples, como não colocar fogo em lixo, fazer fogueiras próximas à vegetação, evitar queimar móveis velhos e nem usar o fogo para a limpeza de terrenos em locais onde haja mato, pois o ar seco nestas áreas pode provocar grandes e incontroláveis incêndios, causando enormes prejuízos à flora, além de acidentes em rodovias e em áreas urbanas”, disse o gestor.

Atualmente, o órgão tem 25 agentes treinados, que divididos em turno resultam numa média de sete plantonistas para auxiliar em ocorrências de queimadas, inclusive aos sábados e domingos. Acionados, a equipe se desloca e atua com ajuda de ferramentas usadas no combate a incêndio, a exemplo de abafadores, bombas costais, carro pipa e etc.

A Defesa Civil orienta a população para verificar as instalações hidráulicas e elétricas de suas residências. “Ligar diversos eletrodomésticos ao mesmo tempo pode gerar sobrecarga de energia e provocar curto circuito, com produção de faíscas que podem causar explosões, dissipação de calor e incêndio” explicou acrescentando que é importante evitar também jogar pontas de cigarro no chão.

Ivanaldo informa que sempre que o cidadão se deparar com foco de fogo deve entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199, ou com o Corpo de Bombeiros através do 193. “Informe a localidade, se possível em detalhes, para que os profissionais cheguem a tempo para conter as chamas. Nunca tente apagá-las você mesmo, afaste-se imediatamente e espere o auxílio chegar”, explica o coordenador.

Crime

Conforme a Lei Estadual 9.605/98, provocar incêndio em mata ou na floresta é crime com pena de 2 a 4 anos de reclusão.  Se o incêndio atingir parque, reserva ecológica ou área de proteção ambiental, a pena será aumentada.

Outro hábito condenável e passível de sanções perante a lei é a queima de lixo. Esta prática pode causar incêndios na cidade, zona rural e reservas ambientais.

Continue lendo
publicidade
CAMAÇARI CARD
CAMAÇARI CARD

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.