Mais de 790 mil carteiras de trabalho foram assinadas em 2018 no Brasil

 

O cenário do mercado de trabalho no Brasil registrou 790.579 novos empregos com carteira assinada até outubro. O melhor resultado para o período desde 2015. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No mês passado, o saldo positivo do mercado de trabalho foi de 57.733 postos de trabalho formais, com um crescimento de 0,15% em relação ao mês anterior. Já no acumulado dos últimos 12 meses, o balanço apresenta 444.483 vagas geradas.

Seis dos oito setores econômicos do país registraram alta no número de postos com carteira assinada em outubro. O destaque ficou com o comércio, que teve 34.133 vagas de trabalho criadas. Na sequência aparecem o setor de serviços, com 28.759 empregos criados, e a indústria de transformação, com 7.048 postos formais de trabalho.

Quatro das cinco regiões do Brasil apresentaram saldo positivo entre admissões no décimo mês do ano. O mercado de trabalho registrou crescimento nas regiões Sul, com 25.999 vagas, Sudeste, com 15.988, Nordeste, com 13.426 e Norte, com 2.379. Na região Centro-Oeste, houve uma leve queda de 59 postos de trabalho.

Dentre as 27 unidades federativas do País, 23 apresentaram alta no número de vínculos empregatícios. Os melhores resultados ficaram com São Paulo, com 13.088, Santa Catarina, com 9.743, Rio Grande do Sul, com 9.319, Paraná, com 6.937 e Ceará, com 3.669.

*Com informações do Ministério do Trabalho 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.