Fiquem conectados conosco

Geral

DPE-BA flagra condições irregulares de catadores no circuito Barra/Ondina

Avatar

Publicado

em

Apesar de o secretário da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS), Léo Prates, ter disponibilizado a Escola Santa Terezinha, localizada na Avenida Centenário, como local onde os catadores de materiais recicláveis poderiam fazer suas refeições e higiene pessoal com dignidade, o Conselho Tutelar que ocupa temporariamente o local, não aceitou dividir o espaço.

Equipes de defensores públicos em atividade itinerante do Plantão de Carnaval vêm flagrando a situação degradante em que se encontram os catadores. Em nota, a Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA), afirma que “no circuito Barra-Ondina, não há local adequado e disponível para os catadores realizarem suas refeições e higienização pessoal de forma adequada e com dignidade”.

Após reunião com o secretário, a DPE/BA, por meio do coordenador da área não penal, Gil Braga, da coordenadora da Infância e Juventude, Gisele Aguiar, e da defensora pública Fabiana Miranda, autora do Processo para Apuração de Dano Coletivo – PADAC sobre a situação dos catadores, conversaram com os conselheiros tutelares, que a princípio aceitaram a divisão, mas depois rejeitaram a proposta.

UNIÃO 1
CAMAÇARI CARD
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1
HELLOA

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.