Escola de Interpretação Audiovisual da Bahia realiza oficina de interpretação a preços populares

Charlie Chaplin disse sobre o livro “A preparação do ator” do teórico Constantin Stanislávski: “Pode ajudar todas as pessoas, mesmo as que estão longe da arte dramática”. Baseado neste pretexto o diretor artístico Fábio S. Tavares realiza a oficina para atores e não atores “Vivenciando o Sistema – A prática da Interpretação”.

A oficina será realizada na Escola de Interpretação Audiovisual da Bahia, no bairro do Garcia, em Salvador, tendo seis turmas como opção:

Grupo 1 – terças e quintas, 10, 15 e 17 de janeiro

  • Turma 1 – 10h às 12h;
  • Turma 2 – 14h às 16h;
  • Turma 3 – 19h às 21h.

Grupo 2 – sábados 19 e 26 de janeiro

  • Turma 4 – 10h às 13h
  • Turma 5 – 13h às 16h

As inscrições acontecem no local de segunda a sábado das 14h às 19h, com preços populares: R$ 70,00. Podem participar pessoas com ou sem experiência anterior nas artes cênicas.

A oficina será baseada no Sistema Stanislávski e serão realizadas três aulas com cada turma, trazendo aspectos primordiais de atuação para atores e atrizes, como: objetivo, ação, imaginação, memória emocional e ações físicas, sistematizados pelo teórico Russo, morto em 1938.

Fabio S. Tavares é diretor artístico, dramaturgo e fundador do Centro Cultural Ensaio, traz no currículo espetáculos como “Fé. E Os Orixás Se Fizeram Presente” (2017), “Lenda das Yabás” (2013), “Benedita” (2011) entre outros.

Maiores informações podem ser obtidas pelos telefones (71) 3018-7122 e (71) 3328-3628.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.