Camaçari: cerca de 5 mil imóveis devem ser beneficiados pelo Escritório Público em 2019

Com o intuito de fortalecer o Programa Municipal Escritório Público, executado pela Secretaria de Habitação de Camaçari (Sehab), foi assinado na manhã desta terça-feira (18), o convênio com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (CREA-BA). A parceria, a primeira do tipo feita pelo CREA-BA, visa auxilar a execução de projetos e assistência técnica para edificações do município.

O presidente do CREA-BA, Luiz Edmundo, ressalta a importância da cooperação com a cidade. “O que planejamos fazer é apoiar a sociedade de baixa renda e dar apoio à Prefeitura. E assim, ajudar as pessoas que desejam reformar e construir suas casas, mas não tem recurso para pagar os profissionais de engenharia. O resultado disso será uma menor apuração de casas em risco  de desabamento”, afirmou

Presidente do CREA-BA, Luiz Edmundo. Foto: Hyago Cerqueira

O CREA-BA ajudará na elaboração do projeto até o acompanhamento da obra, sob a responsabilidade dos profissionais de arquitetura, urbanismo e engenharia necessários para a realização dos serviços referentes à edificação, reforma, ampliação, adequação, recuperação ou regulamentação fundiária da habitação. A parceira faz parte do Programa Escritório Público que dá direito à assistência técnica pública e gratuita no âmbito de habitação social.

Os cidadãos beneficiados serão aqueles com renda mensal de até três salários mínimos por família e cujo imóvel tenha até 125 m²,área construída até 70 m², e altura máxima de nove metros. O atendimento será feito presencialmente na Sehab. De acordo com o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), no próximo ano o Escritório Público terá um prédio próprio.

O convênio será posto em prática a partir de janeiro de 2019, e segundo o secretário de Habitação, Junior Borges, a parceria partiu de uma necessidade de novos técnicos de engenharia para auxiliar as necessidades do município.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.