Fiquem conectados conosco

Artigo

Virou rotina: dupla Ba-Vi amarga mais um fim de semana de derrotas, por Fabio Sena

O rubro-negro caiu para a 11ª posição e o Tricolor deve seguir lutando para se afastar da zona de rebaixamento.

Fabio Sena

Publicado

-

Fotos: Letícia Martins e André Durão

A dupla Ba-Vi segue decepcionando seus torcedores. No sábado (10), o Vitória perdeu de virada para o Avaí e ficou mais distante do G4 da série B.

À beira do gramado, estava Eduardo Barroca estreando no comando do rubro-negro baiano; o técnico é novo, mas os problemas são antigos. Um time que não tem criatividade, erra muitos passes e com uma insegurança notável: esse é o resumo do Vitória no campeonato brasileiro.

Com a derrota de sábado, a terceira seguida dentro de casa, o Vitória fica estacionado nos 18 pontos e cai para a 11ª posição. Ao final da partida, o treinador citou que os problemas psicológicos têm atrapalhado a equipe. “Acho que o principal é o psicológico, mostrar para eles que, mesmo na adversidade, hoje eles fizeram muitas coisas boas, lutaram até o final, buscaram o tempo todo”, disse.

Pelo lado do tricolor baiano, a equipe não repetiu a boa atuação que realizou contra o Vasco e acabou perdendo por 1 a 0 para o Fluminense, no Maracanã. O pênalti que resultou na vitória do tricolor foi marcado por muita polêmica, mesmo com a utilização do VAR. O técnico Mano Menezes ficou na bronca. “Ei, deixa esse vagabundo aí. Não quero que reclame com o vagabundo, não. Deixa ele roubar”, disparou, logo ao término da partida.

Elias foi outro que, ao final do jogo, estava inconformado com a arbitragem. Certo mesmo foi que o Bahia não fez uma grande atuação para merecer os três pontos. A equipe segue mostrando instabilidade técnica e emocional durante as partidas e Mano ainda não encontrou um time que passe confiança à sua torcida. A ausência de Rodriguinho também é bastante sentida, afinal o camisa 10 tricolor é a referência técnica dessa equipe.

O próximo confronto do tricolor será contra o Goiás em casa. Vencer esse confronto é obrigação para afastar-se da zona de rebaixamento.

  

 

 

 

 

Fabio Sena é administrador  de empresas com pós-graduação em Gestão da Produção. Camaçariense com muito orgulho e fanático por futebol. @equipegolfc

Clique aqui e leia outros artigos.

*Este espaço é plural e tem o objetivo de garantir a difusão de ideias e pensamentos. Os artigos publicados neste ambiente buscam fomentar a liberdade de expressão e livre manifestação do autor(a), no entanto, não necessariamente representam a opinião do Destaque1.

UNIÃO 1
UNIÃO 2
UNIÃO 3
CAMAÇARI CARD

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.