Unegro defende unidade do movimento social em Camaçari

A União de Negros pela Igualdade (Unegro) encerrou as atividades do novembro negro em Camaçari com um ato político na praça Desembargador Montenegro, no Centro, nesta sexta-feira (30).

Com o tema central “em legítima defesa da vida, em defesa dos direitos trabalhistas e na busca de paz”, as lideranças reivindicaram políticas públicas de inclusão, o fim do extermínio da população negra, a necessidade do combate ao feminicídio, LGBTfobia, intolerância religiosa e política, além de defenderem os direitos trabalhistas.

Para o presidente da Unegro em Camaçari, Naelson Pereira, “o momento atual requer unidade do movimento social negro local”. Militantes do movimento negro, lideranças políticas, sindicalistas, além de trabalhadores metalúrgicos participaram da manifestação.

Durante o ato também foi prestada homenagem a atriz Cilene Guedes, falecida na última quinta-feira (29).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.