UFBA adota CadÚnico como forma de acesso a cotas de renda no Sisu

Os candidatos que realizam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) devem ficar atentos às fases seguintes do processo seletivo após a divulgação do resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A partir do semestre 2020.1, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) adotará somente o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) para a análise dos candidatos que optarem pelas cotas de renda.

Com isso, não será mais necessária entrega do conjunto de documentos comprobatórios exigidos em anos anteriores. Os candidatos que não possuírem esse cadastro não poderão se inscrever no Sisu Ufba utilizando as modalidades de cotas por renda per capita.

Como se inscrever no CadÚnico?

O CadÚnico é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda. Nele são registradas informações como características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

A execução do Cad Único é de responsabilidade compartilhada entre o governo federal, os estados, os municípios e o Distrito Federal. Em nível federal, o Ministério da Cidadania é o gestor responsável, e a Caixa Econômica Federal é o agente operador que mantém o Sistema de Cadastro Único.

A família que se enquadra no perfil do programa e ainda não está inscrita no Cadastro Único pode procurar um Centro de Referência em Assistência Social (Cras) no município e solicitar o cadastramento.

Leia também 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.