Tude não será vice de Elinaldo; prioridade é eleger a filha vereadora, que pode ser acusada de autopromoção

O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), está à procura de um nome para ocupar a vaga de vice-prefeito nas eleições de 2020. A manutenção do atual vice-prefeito, José Tude (DEM), na chapa majoritária no próximo ano é avaliada pelo grupo político como inviável, por não ampliar a base governista.

Além disso, a prioridade de Tude é eleger a filha Márcia Tude vereadora, e em seguida fazer a pupila presidente da Câmara Municipal. Márcia, que é secretária de Cultura, já deu início ao projeto, entretanto tem exagerado na estratégia de mídia e pode encontrar com o Ministério Público no meio do caminho.

A gestora adota práticas vistas, no mínimo, como inadequadas para a função, a exemplo de aparição exacerbada nas redes sociais da Secretaria de Cultura (Secult), presença como “artista” em peça audiovisual de programa social da pasta, e mais recente se coloca como apresentadora de programa musical de televisão da Secult.

De acordo com juristas consultados pelo Destaque1, o comportamento de Márcia pode ser enquadrado como autopromoção, conforme Lei de Improbidade Administrativa  nº 8.429/1992, por usar a estrutura do governo, consequentemente recursos públicos, para massificar sua imagem, quando o correto seria dar publicidade às ações e às instituições, Secretaria de Cultura e Prefeitura de Camaçari.

O caso se agrava por ser de conhecimento público que a filha de Tude é pré-candidata a vereadora, conforme noticiou o Camaçari Agora em 16 de  maio deste ano [ver aqui].

A ânsia de ocupar uma cadeira na Casa Legislativa pode abreviar a carreira da secretária. O pai, e experiente político, precisa orientar melhor a filha e por um freio nessas descabidas iniciativas.

Quanto a Elinaldo, ou o gestor toma cuidado e coloca ordem na casa ou o abacaxi pode cair no colo do democrata.

 

Clique nesta foto e também assista o vídeo no Facebook.

 

 

*Artigo atualizado em 18 de agosto de 2019, às 00h45, para  acréscimo de print e link de vídeo onde Márcia Tude aparece como apresentadora de programa musical da televisão da Secretaria de Cultura.

*Lenielson Pita é jornalista e editor do Destaque1.

Um comentário em “Tude não será vice de Elinaldo; prioridade é eleger a filha vereadora, que pode ser acusada de autopromoção

  • sexta-feira, 16 de agosto de 2019 em 17:34
    Permalink

    Meu voto ela nao ganha nem a pau juvenal.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.