Suspeitos de cometer chacina em Portão morrem em confronto com a polícia

Três homens acusados de participação na chacina de Portão, em Lauro de Freitas, no último sábado (18), que ocasionou na morte de cinco pessoas, morreram em confronto policial no final da tarde de ontem (19).

Com Robson Rodrigues dos Santos e outros dois homens ainda não identificados foram encontradas duas pistolas calibres 9mm, mesmo tipo de arma utilizada nas mortes, e um revólver calibre 38. Conforme a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), exames balísticos serão realizados com o objetivo de confirmar a autoria das mortes.

De acordo com a secretaria, equipes da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar e da Rondesp da Região Metropolitana de Salvador (RMS) intensificavam o policiamento na região desde o crime e, atendendo a uma denúncia, encontraram o trio, que reagiu à abordagem policial. Atingidos, os suspeitos foram  socorridos, segundo a SSP-BA, mas não resistiram.

Investigações preliminares dão conta de que as mortes  estão relacionadas à disputa pelo tráfico em Portão. De acordo com os policiais,  no momento da abordagem, o trio comemorava as mortes ocorridas no dia anterior.

O caso é investigado pela 34ª Delegacia Territorial e pela Delegacia de Homicídios Múltiplos.

O caso

A SSP-BA confirmou a morte de cinco vítimas – Pablo, Raimunda, Raiane, Guilherme e Rogério – no entanto a Delegacia de Portão afirma que uma sexta pessoa atingida pelos disparos, socorrida para o Hospital do Subúrbio, teve morte cerebral, identificada como Athur Moreira, 23 anos.

Segundo as investigações, a primeira vítima foi Pablo Ferreira dos Santos, 15 anos, baleado na Travessa Santo Antônio. Logo em seguida, os quatro homens a bordo de um carro se dirigiram para a Rua Boca da Mata e dispararam contra uma mulher e os dois sobrinhos: Raimunda dos Santos, 35 anos, Raiane Santos, 12, e Guilherme da Silva, 19. Outra vítima foi identificada como Rogério Silva, 26.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.