Sem Téo, Fábio e Pedrinho, oposição faz tímida defesa de Camaçari

Reunir siglas não é o mesmo que conquistar mentes e corações. Aglutinar pessoas em volta de um projeto político é ainda mais complicado quando quem faz a defesa dos ideais são velhos conhecidos. A tarefa se torna bem difícil, mesmo quando o desgaste do adversário é notório.

Neste sábado (10), partidos de oposição em Camaçari realizaram um ato na praça Desembargador Montenegro em defesa do município. Nos discursos, predominaram as críticas ao governo Elinaldo, óbvio.

Entretanto, o que chamou atenção também foram as ausências do vereador Téo Ribeiro (PT), Fábio Lima (PP) e Pedrinho de Pedrão (Avante), todos pré-candidatos a prefeito.

Téo, que namora o PSOL, não participa das atividades organizadas pelo bloco liderado pelo ex-deputado federal Luiz Caetano. Fábio, que tem andado pela cidade, segue construindo sua pré-candidatura de forma independente, e Pedrinho, que a cada dia mais imita seu tutor, tornando-se uma figura caricata, foi visitar lideranças e distribuir cestas básicas com o Projeto Juntos Somos Fortes, acredite.

Com isso, o ato ficou menor do que o planejado, mas contou com as presenças de Luiz Caetano, José Marcelino, Binho do Dois de Julho, Bira Corôa, Maurício Bacelar, Ivoneide Souza, Luiza Maia, Fátima Trabuco, e Roquinei Cabeceira.

Cerca de cem pessoas acompanharam a manifestação, apesar de fotógrafos capturarem imagens do ato com pedestres caminhando pela praça para compor o registro.

No entanto, essa é apenas a primeira aparição pública do bloco, que, vale destacar, ainda está em formação. Embora os rachas e disputas permaneçam, mesmo que tentem negar, verdade é que o ato deste sábado oxigenou a oposição, dando esperança à militância. Isso sim é relevante, ademais, é bravata, de ambos os lados.

*Lenielson Pita é jornalista e editor do Destaque1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.