Sehab realiza processo seletivo para nível médio e superior; salários podem chegar até 12,8 mil

A Secretaria de Habitação de Camaçari (Sehab) lançou no dia 16 de outubro o edital do processo seletivo simplificado para a contratação temporária de pessoal em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Os aprovados irão atuar em projetos técnicos sociais executados nos residenciais do programa Minha Casa Minha Vida no município.

As inscrições devem ser realizadas no período entre 21 a 23 de outubro de 2019. É necessário preencher a ficha de inscrição disponível na sede da Sehab, na Rua do Alecrim, nº 6, no Centro, das 9h às 12h e das 14h às 16h30.

A seleção pública será realizada em duas etapas: análise de currículo e entrevista. As etapas são eliminatórias, ou seja, serão classificados para a etapa seguinte os candidatos que obtiverem, na etapa anterior, pelo menos 60 pontos, observado o número de vagas.

Para o cargo de técnico social de nível superior das áreas de pedagogia, serviço social, psicologia ou sociologia são ofertadas quatro vagas para contratação imediata e oito para cadastro de reserva. Já para educador social de nível médio são cinco vagas para contratação imediata e oito para lista de reserva.

Os selecionados serão contratados por hora técnica, com uma jornada semanal máxima de até 40 horas distribuída nos turnos matutino, vespertino, noturno, conforme as necessidades dos programas, durante todos os dias da semana, incluindo feriados e finais de semana.

O valor da hora técnica para nível superior é de R$ 47 a R$ 80. Para nível médio o valor é de R$ 37 a R$ 50. Ou seja, por mês, os salários podem chegar até R$ 8 mil para nível médio e R$ 12,8 mil para nível superior.

No ato da entrevista os candidatos serão abordados sobre os seguintes temas: conhecimentos gerais, políticas públicas, Programa Habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV), programas sociais e comunitários, associativismo, entre outros, a critério da banca examinadora.

A lista dos classificados na etapa final estará disponível no Diário Oficial Eletrônico do Município de 12 de novembro de 2019, bem como a lista dos documentos necessários para a contratação.

O prazo de validade da contratação será igual ao tempo que funcionar o programa, sendo o limite de dois anos, contados da data de sua homologação, podendo, antes de esgotado, ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do Poder Executivo.

Documentos necessários para a inscrição

  • Cédula de Identidade Civil atualizada, expedida pela Secretaria de Segurança Pública, ou Carteira de Identidade Profissional expedida pelo Órgão de Classe, ou Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia, na forma da Lei n° 9.503/97);
  • Cadastro de Pessoas Físicas – CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Comprovante do Serviço Militar (Sexo masculino);
  • Comprovante de quitação eleitoral.
  • Comprovante de escolaridade;
  • Certidão de antecedentes criminais.
  • Curriculum Vitae, devidamente comprovado, com cópia autenticada de títulos ou cópia acompanhada de original;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Comprovante de inscrição no PIS.

Clique aqui e confira o edital completo na página 11 do Diário Oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.