Segundo livro de Ana Fátima encoraja crianças no início da vida escolar

Professora, crítica cultural, blogueira e escritora, Ana Fátima dos Santos presenteia os amantes da literatura, seja crianças, adultos ou idosos, com o livro “Makeba vai à escola”. Com narrativas e ilustrações lúdicas, a obra, publicada pela Cogito Editora, foi projetada a partir das observações que a autora fez ao ver e participar de conversas com outras mães e amigas preocupadas com a iniciação dos seus filhos no ambiente escolar.

A leitura das 28 páginas da obra poderá ser feita em duas linguagens, português e inglês, sendo indicado para crianças até 12 anos. Após quatro anos do projeto concluído, o lançamento do livro está previsto para o mês de abril em Camaçari.

Ana Fátima explica que “a ideia surgiu em querer encorajar  crianças para esse novo meio coletivo. Na época que escrevi o livro eu já tinha meu filho, mas ele não estava no processo de escolarização”.

Makeba vai à escola. Foto: Divulgação

‘Makeba vai à escola’ conta a história de uma menina de apenas três anos inserida no processo educacional que se depara com a dificuldade de não se sentir aceita dentro do processo de convivência, aprendizado e brincadeiras com outros alunos da mesma idade.

Ao longo da narrativa, a autora realiza algumas provocações para fazer com que as crianças possam refletir e se sentirem confortáveis diante do ambiente escolar.

As ilustrações ficaram a cargo da professora, artista urbana e ilustradora Quezia Silveira. A tradução é de Marieli de Jesus Pereira.

O primeiro livro de Ana Fátima, também publicado pela Cogito Editora, foi lançado em abril de 2018, recebendo o título “As tranças de minha mãe”. A obra reflete sobre identidade e afetividade. O livro retrata a visão do personagem Akin diante da beleza, carinho e cuidado com o cabelo da sua mãe, além da representatividade, admiração e fantasia sobre a sua ancestralidade negra.

Em entrevista ao Destaque1, a escritora conta que para este ano terá mais uma novidade e consolidação de um projeto no universo da literatura. “Durante o ano eu vou lançar meu primeiro livro de poesias autorais com o tema água. Terão poesias sobre os fluídos como água, suor, rios, líquidos”, afirmou.

Ana Fátima é licenciada em Letras Vernáculas e Mestra em Crítica Cultural, pela Universidade Estadual da Bahia (Uneb), escritora de literatura negra e blogueira do perfil Barro de Sangue – Onde a água pede licença para seguir o seu rumo.

Ela também foi premiada no 2º Concurso do Sarau da Onça – “O diferencial da favela” em 2017; prêmio de melhor poesia pelo 2º Festival de Licenciatura Francisco Xavier em 2014 e no 5º Concurso das Farmácias Pague Menos em 2016.

*Imagem em destaque: Escritora Ana Fátima. Foto: Evanilson Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.