Sefaz-BA abre concurso público com 60 vagas e salários de até R$ 15,8 mil

A Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-BA) lançou hoje (27) edital de concurso público que irá selecionar 60 auditores fiscais. As inscrições serão abertas às 10h do dia 11 de março e encerrarão às 14h de 5 de abril, sendo feitas exclusivamente pela internet.

A taxa de inscrição custa R$ 170 e podem participar do processo seletivo profissionais com formação superior em Administração, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia, Informática, Sistemas de Informação, Ciência da Computação ou Processamento de Dados – desde que as graduações possuam reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Das 60 vagas ofertadas, 24 são para a área de Administração, Finanças e Controle Interno; 17 para Tecnologia da Informação; e 19 para Administração Tributária.

De acordo com a legislação específica, 5% do percentual das vagas ficam reservados a pessoas com deficiência e outros 30% são direcionados aos candidatos que se autodeclarem negros.

Em regime de 40h semanais, os aprovados devem receber vencimento básico no valor de R$ 1.970,72, mais gratificação de atividade fiscal no valor entre R$ 1.970,72 a R$ 9.459,45, podendo ser acrescida pelo pagamento do Prêmio por Desempenho Fazendário no valor de até R$ 4.389,18.

A seleção terá quatro provas. As três primeiras, a serem aplicadas no mesmo dia, ainda no primeiro semestre de 2019, serão compostas por questões de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos, além de questões discursivas – todas elas de caráter eliminatório e classificatório. A quarta prova, para avaliação de títulos, será aplicada aos aprovados na prova discursiva. A Fundação Carlos Chagas será a responsável pela aplicação das provas objetivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.