Resumo do futebol baiano: torcedor tricolor embalado pelo sonho e rubro negro na bronca

O Tricolor baiano segue fazendo uma campanha histórica no campeonato brasileiro. No último sábado, enfrentando o CSA na Fonte Nova, a equipe conseguiu um triunfo na raça com um gol no final do segundo tempo do jeito que sua torcida gosta.

Foi um jogo com domínio total do Bahia, que perdeu um pênalti no primeiro tempo com Artur Vitor. Mas, o dia era do outro Arthur, o Caike, que marcou um belo gol de falta garantindo mais três pontos para o tricolor baiano.

Agora, o Bahia está na oitava colocação e com o mesmo número de pontos do Internacional que é o sexto e dentro da zona de classificação para a libertadores. O torcedor tricolor está em êxtase e com toda razão. O sonho de uma vaga na liberadores vai se tornando realidade rodada a rodada e o técnico Roger e seus comandados seguem fazendo história.

Aliás, Roger vem mostrando uma boa estratégia, montando a cada partida um time diferente, sempre de acordo com o adversário. Roger é um técnico moderno e tem o grupo na mão. O próximo adversário do Tricolor será o Vasco, no Rio de Janeiro, próximo sábado (7).

No lado Rubro-negro, a equipe voltou a empatar e segue na parte baixa da tabela. No jogo de sexta contra o Botafogo-SP mais uma vez mostrou os velhos problemas: lentidão e dificuldade na transição ofensiva.

O Rubro-negro sofreu para articular jogadas de frente. O ataque mais uma vez passou em branco. A dupla formada por Jordy Caicedo e Anselmo Ramon não funcionou. Foi o quarto empate seguido da equipe, o que é péssimo, afinal número de vitórias é um dos critérios de desempate do campeonato brasileiro.

O torcedor segue de cabeça inchada e preocupado com sua equipe na continuidade da competição. O técnico Carlos Amadeu conseguiu estruturar a defesa que nos últimos seis jogos tomou apenas um gol, porém seu ataque não engrenou.

O grande desafio para Amadeu é fazer esse ajuste com pouco tempo para treinar, já que esta terça (3) é o próximo confronto contra o Vila Nova, em Goiânia. Esse jogo será um confronto direito de duas equipes que brigam para fugir da zona de rebaixamento. Ambas as equipes têm 21 pontos e quem sair derrotado deverá ficar na zona de rebaixamento ao final da rodada.

Fabio Sena é administrador  de empresas com pós-graduação em Gestão  da Produção. Camaçariense com muito orgulho e fanático  por futebol. Escreve todas as segundas-feiras. @equipegolfc,  jornalismo@destaque1.com

7 comentários em “Resumo do futebol baiano: torcedor tricolor embalado pelo sonho e rubro negro na bronca

  • segunda-feira, 2 de setembro de 2019 em 20:30
    Permalink

    Eu costumo dizer para o meu pai, que é tricolor, que torcedor do Bahia é um iludido, mas cá entre nós, acho que dessa vez o Bahia tem chance real de vitória, ops! Digo de “triunfo”, tricolor que é tricolor não fala o nome do time adversário não é? kkkk

    Resposta
  • segunda-feira, 2 de setembro de 2019 em 20:32
    Permalink

    Ah, e do Vitória… eu não quero nem falar… como é mesmo, torcedor de cabeça inchada? 😂😂😢😳

    Resposta
  • quarta-feira, 4 de setembro de 2019 em 06:15
    Permalink

    Resumo Top, já estou viciada 😁. Procurei ontem no site e não encontrei, fiquei em desespero. Parabéns pelos textos!!!! Boraaaaaaaaa Bahêaaaaaaaa 😍🤩

    Resposta
  • quarta-feira, 4 de setembro de 2019 em 12:48
    Permalink

    Vc sempre arrasando nos comentários.
    Parabéns, Fábio!

    Resposta
  • quarta-feira, 4 de setembro de 2019 em 12:51
    Permalink

    #BBMP
    #PARABÉNSFABIO

    Vc é barril

    Resposta
  • quarta-feira, 4 de setembro de 2019 em 12:55
    Permalink

    Fábio,Já estava sentido falta desse resumo.
    Top,Top,Top!!
    Vc é show

    Resposta
  • quarta-feira, 4 de setembro de 2019 em 12:57
    Permalink

    Bahiaaaaaaaaaaaa meu orgulho
    ❤💙❤

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.