“Precisamos estar atentos, ouvindo as pessoas e olhando se aquilo que fazemos está sendo abraçado pelo povo”, alerta Oziel

Na sessão desta quinta-feira (28), durante os assuntos gerais, o vereador Oziel Araújo (PSDB) foi a tribuna e comentou sobre a sua leitura em relação aos anseios da população de Camaçari com os efetivos das ações do legislativo e executivo. Oziel ainda apontou que deve acontecer uma grande renovação na Câmara Municipal nas eleições de 2020.

“O que a gente percebe é uma insatisfação e uma indignação não só com o gestor municipal, mas também com cada um dos vereadores aqui e a sensação que eu tenho é de que teremos nas próximas eleições, provavelmente, 70% a 80% de renovação da Câmara de Vereadores, tamanha é a insatisfação da população da cidade com o que a gente tem apreciado”, afirmou.

O edil relatou que um rio que fica no final da Gleba E, nos tempos de chuva transborda e prejudica a população do local. “Lá no finalzinho da Gleba E, o Parque Verde cresceu e a gente tem ali um rio, que não foi construída uma drenagem própria nem uma ponte, o que acontece quando chove, aquele rio toma uma proporção gigantesca e a comunidade fica sem ter acesso as suas ruas e a sua casa”, contou.

Ele ainda destacou que apresentou uma proposta de construção de uma ponte no local por três anos seguidos e até hoje não foi feita. “Já apresentei aqui na Câmara em 2017, 2018 e 2019, uma proposta para a construção da ponte para a dragagem do rio naquele ponto. Enquanto isso não acontecer, o Rio vai se elevar, casas vão ser tomadas e as pessoas serão prejudicadas, já foi encaminhado um ofício para a secretaria responsável, mas até agora não foi feito nada”, frisou.

Oziel alertou para que os colegas vereadores fiscalizem a execução das ações feitas na cidade. “A gente precisa de fato fazer o investimento de forma correta, verificar se aquilo que foi feito tem de fato agradado a população, porque eles estão nos colocando no poder por quatro anos e daqui a pouco tempo, menos de um ano estaremos sendo reavaliados por esse povo, a impressão que eu tenho hoje é que o povo fará as mudanças se assim continuar, precisamos estar atentos, ouvindo as pessoas e olhando se aquilo que fazemos está sendo abraçado pelo povo de Camaçari”, enfatizou.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.