Fique conectado conosco
ATIVA
CÂMARA CAMAÇARI

Saúde

Pela primeira vez no ano, taxa de mortalidade nos estados não aumenta, aponta Fiocruz

Pela quarta semana consecutiva, a entidade confirma tendência de melhora nas taxas de ocupação de leitos de UTI exclusivos para a Covid-19 no SUS.

Avatar

Publicado

em

Pela primeira vez no ano, taxa de mortalidade nos estados não aumenta, aponta Fiocruz
Foto: Josué Damacena/IOC/Fiocruz

Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz aponta tendência de melhora nas taxas de ocupação de leitos de UTI exclusivos para a doença no Sistema Único de Saúde (SUS) pela quarta semana consecutiva. A análise, que compreende o período entre 20 de junho e 3 de julho, destaca que pela primeira vez neste ano não houve aumento das taxas de incidência ou de mortalidade em nenhum estado.

Nas duas últimas semanas foram observadas quedas no número de casos novos e no número de óbitos. “Ainda não se pode afirmar que essa tendência é sustentada, isto é, que vai ser mantida ao longo das próximas semanas, ou se estamos vivendo um período de flutuações em torno de um patamar alto de transmissão, que se estabeleceu a partir de março em todo o país”, alertam os pesquisadores.

Publicidade
destaque-1-lateral
Ativa
Contan
Top Rastreamento
La Marine

O boletim demonstra que a maioria dos estados apresentou queda substantiva no indicador, com destaque para as mudanças nos quadros de Tocantins (90% para 71%) e Sergipe (88% para 56%), que migraram da zona de alerta crítico para a zona de alerta intermediário e para fora da zona de alerta, respectivamente.

Em outros 14 estados, as taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 caíram pelo menos cinco pontos percentuais: Acre (37% para 26%); Pará (63% para 55%); Amapá (55% para 50%); Piauí (76% para 69%); Rio Grande do Norte (72% para 57%); Paraíba (59% para 49%); Pernambuco (76% para 63%); Alagoas (77% para 66%); Bahia (75% para 70%); Minas Gerais (75% para 70%); Paraná (94% para 89%); Santa Catarina (92% para 85%); Mato Grosso do Sul (88% para 74%), e Goiás (85% para 74%).

Com queda de quatro pontos percentuais, o Rio de Janeiro saiu da zona de alerta, com a taxa de ocupação caindo de 63% para 59%. No Maranhão a taxa caiu de 79% para 75%, e em São Paulo, de 76% para 72%. O Distrito Federal tem mantido o indicador relativamente estável, um pouco acima de 80%.

Pela primeira vez em meses, somente um estado, Roraima (97%), apresenta taxa de ocupação superior a 90%. Também na zona crítica, com taxas entre 80% e 89%, encontram-se mais dois estados: Paraná (89%) e Santa Catarina (85%), além do Distrito Federal (82%). Quinze estados estão na zona de alerta intermediário (≥60% e <80%): Amazonas (62%); Tocantins (71%); Maranhão (75%); Piauí (69%); Ceará (73%); Pernambuco (63%); Alagoas (66%); Bahia (70%); Minas Gerais (70%); Espírito Santo (63%); São Paulo (72%); Rio Grande do Sul (79%); Mato Grosso do Sul (74%); Mato Grosso (76%), e Goiás (74%). Oito estados estão fora da zona de alerta: Rondônia (59%); Acre (26%); Pará (55%); Amapá (50%); Rio Grande do Norte (57%); Paraíba (49%); Sergipe (56%), e Rio de Janeiro (59%).

Seis capitais estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 iguais ou superiores a 80%: Boa Vista (97%); São Luís (83%); Rio de Janeiro (83%); Curitiba (85%); Goiânia (85%), e Brasília (82%). Onze capitais estão na zona de alerta intermediário, com taxas iguais ou superiores a 60% e inferiores a 80%: Porto Velho (69%); Manaus (62%); Tocantins (71%); Teresina (sem informação direta; número estimado em torno de 66%); Fortaleza (74%); Salvador (62%); Belo Horizonte (63%); Vitória (64%); São Paulo (66%); Porto Alegre (69%), e Campo Grande (78%). Dez capitais estão fora da zona de alerta: Rio Branco (28%); Belém (51%); Macapá (56%); Natal (53%); João Pessoa (48%); Recife (56%); Maceió (57%); Aracaju (58%); Florianópolis (52%), e Cuiabá (61%).

Mesmo com redução expressiva no número de casos, as taxas de incidência de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) ainda são muito altas em vários estados. Em sua maioria, esses números indicam casos graves de Covid-19. Os pesquisadores também afirmam que os padrões observados nos últimos meses evidenciam uma redução da taxa de mortalidade, parâmetro não acompanhado pela taxa de incidência. Esse cenário pode ser resultado do avanço da campanha de vacinação, que atingiu os grupos mais vulneráveis em um primeiro momento.

Esses avanços vão configurando novos cenários. No momento atual, o curso da pandemia segue com mudança gradativa do perfil etário de casos internados e óbitos. O rejuvenescimento, com expressiva concentração entre a população adulta jovem, traz novos desafios com relação às formas de enfrentamento da pandemia, como os relacionados à garantia da cobertura vacinal no maior estrato populacional do Brasil (30 a 59 anos), e reconhecer situações específicas de vulnerabilidade, requerendo abordagens mais adequadas às novas faixas etárias, e um aprofundamento das discussões sobre a repercussão da pandemia nesses estratos populacionais.

Vacinação

O estudo ainda aponta que o país vacinou mais de 45% da população adulta com pelo menos uma dose de vacina, e cerca de 16% com as duas doses. Os pesquisadores alertam que falhas operacionais no SUS podem resultar em atraso no registro das doses aplicadas. Segundo os cientistas do Observatório, o sucesso do Plano Nacional de Imunização depende da adoção de estratégias mais adequadas de comunicação, além de melhor coordenação e planejamento. Também é destacado que o surgimento de variantes continua sendo uma ameaça, com potencial de reduzir a efetividade das vacinas disponíveis.

Onze estados apresentaram percentual de vacinados com esquema completo inferior à média nacional, com destaque para Maranhão, Paraná, Rondônia e São Paulo. No boletim ainda consta que a falta de coordenação nacional fez com que estados e municípios adotassem critérios próprios quanto aos grupos prioritários. Em algumas localidades, inclusive, o calendário de vacinação foi adiantado, e por isso faltaram imunizantes para a aplicação da segunda dose.

“O adiantamento da vacinação sem a segurança de doses disponíveis pode causar uma situação de frustração ou até mesmo o deslocamento de pessoas em busca de vacina, sobretudo em busca da segunda dose, caso se adiantem as primeiras doses e ocorra algum problema no cronograma de entrega de vacinas”, ressaltam.

Acompanhe o Destaque1 no Google Notícias e fique sempre bem informado.
Contribuir com jornalismo profissional e autêntico é um exercício de cidadania. Colabore com o jornalismo que apura e busca a verdade. Apoie o Destaque1 e ajude a manter a integridade da linha editorial do portal. Contribua com o valor que desejar. Chave Pix CNPJ: 13.791.382/0001-60. Good Comunicação Ltda, destaque1.com, compromisso com a verdade.
Publicidade
destaque-1-lateral
Ativa
Contan
Top Rastreamento
La Marine
TSE proíbe transporte de arma por CAC's antes, durante e após eleições
Brasil 29 de setembro às 14:34

TSE proíbe transporte de arma por CAC’s antes, durante e após eleições

David Carvalho e John Saraforte animam happy hour do Boulevard Shopping neste fim de semana
Cultura e Entretenimento 29 de setembro às 14:29

David Carvalho e John Saraforte animam happy hour do Boulevard Shopping neste fim de semana

Cia Baiana de Patifaria completa 35 anos e traz espetáculo especial para Camaçari
Cultura e Entretenimento 29 de setembro às 14:28

Cia Baiana de Patifaria completa 35 anos e traz espetáculo especial para Camaçari

Novo filme de terror chega ao Cinemark Camaçari nesta quinta-feira
Cultura e Entretenimento 29 de setembro às 12:19

Novo filme de terror chega ao Cinemark Camaçari nesta quinta-feira

Confira as vagas de emprego e estágio do SineBahia para Salvador, Simões Filho, Dias d'Ávila e Candeias
Emprego 29 de setembro às 12:01

Confira as vagas de emprego e estágio do SineBahia para Salvador, Simões Filho, Dias d’Ávila e Candeias

Confira horário de funcionamento do Boulevard Shopping no domingo de eleições
Camaçari 29 de setembro às 11:52

Confira horário de funcionamento do Boulevard Shopping no domingo de eleições

Governo do Estado atualiza decreto das normas de prevenção à Covid-19
Bahia 29 de setembro às 11:11

Governo do Estado atualiza decreto das normas de prevenção à Covid-19

Festival de Verão Salvador divulga atrações para edição de 2023
Cultura e Entretenimento 29 de setembro às 11:08

Festival de Verão Salvador divulga atrações para edição de 2023

Ao lado de Jerônimo, Lula fará caminhada na Bahia nesta sexta-feira
Política 29 de setembro às 10:51

Ao lado de Jerônimo, Lula fará caminhada na Bahia nesta sexta-feira

Acabou a Propaganda Eleitoral, até quando pagaremos para nos imbecilizar?, por Edson Miranda
Artigo 29 de setembro às 10:47

Acabou a Propaganda Eleitoral, até quando pagaremos para nos imbecilizar?, por Edson Miranda

AtlasIntel: Jerônimo vira e vai a 48,3%; ACM Neto soma 40,4% dos votos
Política 29 de setembro às 8:00

AtlasIntel: Jerônimo vira e vai a 48,3%; ACM Neto soma 40,4% dos votos

Vereadores e secretários desejam mais emprego, saúde e prosperidade para Camaçari
Política 28 de setembro às 20:54

Vereadores e secretários desejam mais emprego, saúde e prosperidade para Camaçari

Confira galeria de fotos do desfile cívico em comemoração aos 264 anos de Camaçari
Camaçari 28 de setembro às 20:35

Confira galeria de fotos do desfile cívico em comemoração aos 264 anos de Camaçari

Camaçari 264 anos: sem pandemia, desfile leva brilho e alegria para avenida
Cultura e Entretenimento 28 de setembro às 20:10

Camaçari 264 anos: sem pandemia, desfile leva brilho e alegria para avenida

"Estou confiante e feliz que a Bahia definiu ACM Neto como governador", declara Elinaldo
Política 28 de setembro às 19:48

“Estou confiante e feliz que a Bahia definiu ACM Neto como governador”, declara Elinaldo

Servidores públicos protestam durante desfile cívico e cobram reposição salarial
Últimas 28 de setembro às 19:33

Servidores públicos protestam durante desfile cívico e cobram reposição salarial

“Com a mão de Deus eu acredito que terei uma votação expressiva”, profetiza Kátia Oliveira
Política 28 de setembro às 18:50

“Com a mão de Deus eu acredito que terei uma votação expressiva”, profetiza Kátia Oliveira

“Estou muito otimista, porque a gente colhe o que planta”, destaca Raimundinho da JR sobre disputa à Alba
Política 28 de setembro às 18:38

“Estou muito otimista, porque a gente colhe o que planta”, destaca Raimundinho da JR sobre disputa à Alba

“Temos certeza que vamos eleger Lula e Jerônimo no primeiro turno”, projeta Bira Corôa
Política 28 de setembro às 18:23

“Temos certeza que vamos eleger Lula e Jerônimo no primeiro turno”, projeta Bira Corôa

“Agora é a hora de fazer o apelo para que os eleitores não deixem de votar”, enfatiza Ivoneide Caetano
Política 28 de setembro às 17:57

“Agora é a hora de fazer o apelo para que os eleitores não deixem de votar”, enfatiza Ivoneide Caetano

1XBET
COZIDINHO
1XBET
COZIDINHO
error: Alerta: para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.