Fiquem conectados conosco

Geral

Oziel defende que serviços prestados pelo município tenham intérpretes de Libras

Mirelle Lima

Publicado

-

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 9,7 milhões de brasileiros possuem deficiência auditiva. Entretanto, é eminente a ausência de acessibilidade em diversos setores de serviços necessários para o cotidiano.

Em Camaçari, a Câmara de Vereadores aprovou na manhã desta terça-feira (26), em primeira votação, o Projeto de Lei nº 050/2019, de autoria do vereador Oziel Araújo (PSDB) que institui oficialmente a Língua Brasileira de Sinais (Libras) para atendimento de pessoas com deficiência auditiva nos serviços públicos do município.

O vereador destacou que a falta de intérpretes no atendimento de serviços do município dificulta o acesso dessa comunidade. “Nós sabemos que para aqueles que tem a facilidade e a possibilidade de se comunicar sem nenhuma dificuldade, sem nenhuma deficiência, o atendimento é assegurado, mas a comunidade surda, que tem Libras como a sua língua prioritária, na ausência de um intérprete, na ausência de alguém que possa assegurar esse serviço, ele simplesmente não tem acesso ao serviço”, ressaltou.

Continue lendo
publicidade
MARCO PAVÃ 300X250
CAMAÇARI CARD
SORTEIO CAMAÇARI SHOP

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.