Ouça: Dilma Mendes analisa desempenho da Seleção Brasileira Feminina na Copa do Mundo

Dilma Mendes, atual técnica da Seleção Brasileira Feminina de Futebol 7 e do Vitória Camaçari F7, que revelou a volante Formiga para o futebol, analisa os primeiros jogos da Seleção Brasileira Feminina na Copa do Mundo da França. Nesse espaço no Destaque1, a esportista dará sua opinião sobre o desempenho da equipe na corrida pelo título inédito de campeã mundial.

Foto: ASSOCIATED PRESS

Na tarde de ontem (13), as brasileiras enfrentaram a forte seleção da Austrália pela segunda rodada da primeira fase, no grupo C, e perderam de virada por 3 a 2. O resultado pode complicar a Seleção Canarinho Feminina, que precisa ganhar ou empatar o jogo contra Itália para tentar a classificação – a partida será no dia 18 de junho, às 16h.

Em destaque até o momento estão as “titias” Formiga, Cristiane, com quatro gols, e Marta, que com o gol na partida desta quinta-feira chegou a marca de 16 bolas na rede em Copas do Mundo, dividindo o posto de maior goleadora da história do torneio com o alemão Miroslav Klose, que também marcou 16 gols na edição masculina. A camisa 10 da Seleção ainda alcançou outro feito histórico, ao se tornar a primeira jogadora, entre homens e mulheres, a balançar as redes em cinco edições diferentes da Copa do Mundo.

Nesse comentário, a técnica Dilma Mendes fala sobre a estreia do Brasil contra a Jamaica, o jogo contra a Austrália, a preparação para a Copa do Mundo, o esquema tático utilizado pelo técnico Vadão e a desenvoltura das atletas.

Além disso, cita a luta das mulheres por igualdade de salários dentro do esporte. Marta estreou na Copa do Mundo da França com uma chuteira preta, sem patrocinador e com símbolo de igual em rosa e azul, do movimento Go Equal pela equidade de gênero no futebol.

Ouça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.