Fiquem conectados conosco

Artigo

Opinião: Elinaldo versus Caetano; um duelo de gigantes, mesmo que indireto

Três políticos já desistiram e outros seis candidatos seguem na disputa.

Lenielson Pita

Published

on

Elinaldo, Caetano e Ivoneide. Foto: Reprodução

No domingo (15), os eleitores vão às urnas escolher o próximo prefeito de Camaçari, e, mais uma vez, os dois principais líderes políticos da cidade se enfrentam, mesmo que indiretamente.

De um lado Caetano — representado por sua esposa Ivoneide — e do outro Elinaldo, o maior líder político da atualidade, na modesta opinião deste articulista, já justificada em outro artigo [ver aqui].

Pois bem, no confronto direto entre os dois, há quatro anos, Elinaldo levou a melhor. Bateu Caetano por 60,84% a 36,49%. Curiosamente, percentual próximo do resultado de recente pesquisa, quando considerados os votos válidos [ver aqui].

Impedido de disputar o pleito deste ano por ter tido o mandato cassado e estar inelegível, o ex-deputado federal Caetano colocou a esposa Ivoneide e o sobrenome na urna, feito jamais visto na história de Camaçari.

É público e notório que Caetano terá influência em um eventual governo de Ivoneide, afirmação já dita pela própria candidata e aspecto considerado positivo por alguns e, por outros, negativo, vide o governo Ademar.

Porém, Elinaldo dificultou esse objetivo. Afinal, além de obras de infraestrutura e mobilidade, o democrata implementou políticas públicas sociais que aproximaram a gestão de camadas da sociedade mais humildes, como o Mais Agricultura, Bolsa Social, Casa Melhor e o Mais Pesca.

E, talvez, esse seja o motivo para o atual gestor liderar as pesquisas eleitorais. O político cuidou de gente, historicamente, bandeira erguida e tremulada pela esquerda.

Entretanto, Caetano não esmoreceu e segue tentando retomar o comando do município e o posto de maior líder político de Camaçari. Para isso, entre as principais munições estão supostas fragilidades do governo, a exemplo de obras ainda não concluídas, e as realizações das últimas gestões do petista, como a Cidade do Saber.

No próximo domingo a sociedade camaçariense saberá o desfecho desse embate.

Importante ressaltar que outros seis candidatos ainda estão na disputa: Oziel Araújo (PDT), Heckel Pedreira (Rede) Sócrates Magno (PSOL), Antônio Carlos Soares (PL), Francisco Irmão (Solidariedade) e André Pegova (PMN). Três políticos já desistiram: Josué Marinho (PV), Pedrinho de Pedrão (Avante) e Rinaldo Chaveiro (DC).

Que seja respeitada a decisão do eleitor e a cidade ganhe com o resultado.

Lenielson Pita é jornalista e editor do Destaque1

UNIÃO 1
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1
HELLOA

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.