Oficial: com carimbo de Jaques Wagner, Téo Ribeiro reforça pré-candidatura de Ivoneide Caetano

Tida como motor da economia da Bahia, Camaçari também é considerada uma cidade estratégica politicamente desde a ditadura militar. Naquela época, os prefeitos das capitais e municípios importantes, áreas de segurança nacional, eram indicados pelo regime e chamados de governantes biônicos.

Assim como a direita, a esquerda também deslocava quadros políticos para disputar os rumos das principais cidades do país. Foi deste modo que os ex-prefeitos Humberto Ellery, José Tude e Luiz Caetano chegaram em Camaçari, apenas para citar alguns exemplo.

Com o tempo, lideranças locais ganharam força, espaço e prestígio político. Atualmente, líderes nacionais precisam se esforçar para convencer e muitas vezes se comprometer com determinadas estratégias adotadas pelos grupos que integram.

Neste domingo (29), foi escrito mais um capítulo emblemático dessa história. A unificação do PT em Camaçari precisou ser articulada e carimbada pelo senador Jaques Wagner. Isso quer dizer que compromissos tiveram que ser assumidos e chancelados pelo líder nacional, muito em razão do estremecimento da relação entre o vereador Téo Ribeiro e o ex-deputado federal Luiz Caetano, segundo fontes ligadas ao grupo.

Wagner, que possui uma relação pessoal e política histórica com Téo, se reuniu com o vereador, ouviu e entendeu os motivos da manutenção da sua pré-candidatura a prefeito até ontem. Além disso, o senador, esteve hoje na residência de Téo em Monte Gordo, e teria se comprometido em empreender esforços para manter a unidade e respeito no partido em Camaçari. “Essa unidade foi possível por conta da relação que Téo tem com Wagner”, confidenciou uma fonte do Destaque1.

A união do PT em torno da advogada e pré-candidata a prefeita, Ivoneide Caetano, também foi referendada pelos vereadores Dentinho do Sindicato, Jackson do Gravatá, e José Marcelino; além da ex-deputada estadual Luiza Maia.

Wagner esteve hoje na casa de Téo

O ex-deputado estadual Bira Corôa e sua esposa, a professora Creonice Campos, também visitaram o vereador Téo Ribeiro neste domingo.

Agora, a legenda irá em busca da consolidação da chapa majoritária junto aos partidos aliados. De acordo com fontes do Destaque1, as conversas já estão adiantadas, inclusive quanto ao critério de escolha do nome para a vaga de vice, que será defina através de pesquisa.

Outra costura significativa que está em curso é a atração de dois nomes de peso do governo, sem data ainda para ser materializada.

*Lenielson Pita é jornalista e editor do Destaque1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.