Fiquem conectados conosco

Esporte

O futebol e seus reflexos em nossas vidas, por Fabio Sena

Fabio Sena

Publicado

-

Se analisarmos vários aspectos é possível chegar à conclusão de que o futebol é um reflexo das nossas vidas. Seja na possibilidade de mudar o rumo da história após uma derrota ou um dia ruim, ou pela capacidade de criar relações entre adversários e parceiros e mais ainda pela relação de amor do torcedor com seu clube.

Existem grandes exemplos dessas relações de amor. Começo comentando sobre a relação do torcedor com o tricolor baiano. No último sábado (5) o Bahia perdeu para o Atlético PR por 2 a 1 e deixou escapar a oportunidade de terminar a rodada dentro do G6 (grupo dos times que garantem vaga para a Libertadores 2020). A equipe atuou bem, acertou a trave três vezes e sofreu o primeiro gol do Furacão quando era bem melhor na partida. Derrota dolorida mas que não abateu o apaixonado torcedor. Como nas relações da vida, quando o seu amor está para baixo o parceiro o levanta mostrando que existem novas possibilidades e que haverá um amanhã para buscar melhores resultados. Assim foi o torcedor tricolor ao final da partida, aplaudindo o empenho e a dedicação dos seus atletas.

Essa demonstração de amor reafirmou que a relação clube X torcida nessa temporada está bastante afinada, como em uma lua de mel de casais apaixonados. E nesse embalo de uma nova oportunidade, na próxima quarta-feira (9) o Bahia volta a campo para enfrentar o São Paulo, concorrente direto na briga pelo G6. Essa partida é fundamental para as pretensões do time baiano na competição, ou seja, só um resultado positivo interessa.

No Vitória, a relação parece de namorados que se amam mas não se entendem. São discussões por qualquer motivo e quando tudo parece melhorar, acontece algum evento inesperado. E foi dessa maneira, com um gol no finalzinho do jogo contra o Sport, empatou a partida. O time de Geninho parecia que iria conseguir a primeira Vitória sob o seu comando. Chegou a abrir 2 a 0, mas sofreu o empate e amargou mais um péssimo resultado em casa, e mais uma rodada na zona de rebaixamento.

Em momentos quando a relação não está boa, é preciso uma boa conversa e apoio incondicional do casal para sair da crise. O Vitória necessita de todos os seus torcedores, diretores, funcionários, jogadores e comissão técnica unidos para evitar o pior nessa temporada. Não é o momento de críticas ou protestos, é o momento de se fechar para sair da crise e posteriormente pensar e planejar um futuro diferente para o seu clube.

E em como uma relação de namorados, as vezes é preciso uma viagem, uma mudança de ambiente para reaquecer o relacionamento e voltar aquele momento apaixonante no início do namoro. Diante disso, o Vitória volta às suas origens para o próximo confronto contra o Oeste, nessa terça-feira (8), no Barradão e não na Fonte Nova. Boa sorte as equipes baianas e uma boa semana para todos nós.

 

Fabio Sena é administrador  de empresas com pós-graduação em Gestão  da Produção. Camaçariense com muito orgulho e fanático  por futebol. Escreve todas as segundas-feiras. @equipegolfc,  jornalismo@destaque1.com

 

*Este espaço é plural e tem o objetivo de garantir a difusão de ideias e pensamentos. Os artigos publicados neste ambiente buscam fomentar a liberdade de expressão e livre manifestação do autor(a), no entanto, não necessariamente representam a opinião do Destaque1.

Continue lendo
publicidade
CAMAÇARI CARD
Hiper Unimar

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.