Fiquem conectados conosco

Política

“Não concordo que o HGC venha fechar as portas e atender com sistema de regulação”, dispara Jakcson

O vereador relatou que está em contato com o secretário da Saúde do Estado para debater a situação.

Mirelle Lima

Publicado

em

Foto: Reprodução

Durante sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (1), o vereador Jackson do Gravatá (PT) criticou a ação do Governo do Estado de reduzir o atendimento da emergência do Hospital Geral de Camaçari (HGC) apenas para pacientes regulados.

“Não sou covarde, sou do Partido dos Trabalhadores, sou da gestão que faz o Hospital Geral. O governador Rui Costa, o secretário Fábio Vilas-Boas, e eu, Jackson, morador dessa cidade há mais de 40 anos, não concordo que o HGC venha fechar as portas e atender com sistema de regulação, eu não concordo. É nessas horas que a gente vê a necessidade de HGC que muitos criticam aqui, e também temos que lembrar daquela UPA que o prefeito Elinaldo fechou no início de sua gestão, e agora vai fazer falta”, enfatizou Jackson.

O vereador também afirmou que muitos casos poderiam ser atendidos em UBSs, a fim de evitar a superlotação do HGC. “Hoje 86% dos pacientes do HGC são de Camaçari, porque casos que teriam que ser resolvidos na UBS, e infelizmente não consegue, não funciona a saúde de prevenção do município. E agora, uma UPA só, que nós temos no município, não vai atender essa demanda” , destacou.

Jackson relatou que já está em contato com o secretário da Saúde do Estado para debater a situação. “Estou à disposição e desde anteontem em contato com o secretário Fábio Vilas-Boas. Saindo daqui, irei pedir a ele que atenda esse parlamento, para que Camaçari não venha sofrer”, contou.

O vereador ainda apresentou um ofício emitido por Vilas-Boas que reduz a quantidade dos funcionários da unidade, e afirmou que não concorda com a medida. “O secretário já mandou ofício para a Secretaria da Saúde, para que 27 servidores que o município emprestou ao Hospital Geral, que, a partir de janeiro, esses servidores voltem ao município, e saiam do Estado. O secretário Fábio Vilas-Boas, que faz parte do meu governo, do PT, ele está equivocado, está errado, ali tem que colocar mais servidores, tem que terceirizar ou contratar”, ressaltou.

UNIÃO 1
CAMAÇARI CARD
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1
HELLOA

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.