Fiquem conectados conosco

Cultura

Moradora de Camaçari lança livro para debater suicídio e cuidados com a saúde mental

Leidiane passou por um longo período de tratamento após diversos problemas psicológicos.

Mirelle Lima

Publicado

em

Foto: Reprodução

Utilizar sua história de vida para inspirar outras pessoas. Esse é o objetivo da auxiliar administrativa Leidiane Rodrigues, 30 anos, com o lançamento do livro A Leveza da Superação. Moradora de Camaçari, ela pretende alertar seus leitores quanto à prevenção ao suicídio e ao cuidado com a saúde mental.

Em entrevista ao Destaque1, Leidiane conta que, ainda na adolescência, teve o primeiro surto psicótico e tentou suicídio. Depois de passar por tratamento, decidiu escrever o livro para levar esperança às pessoas que passam pela mesma situação.

“A ideia do livro veio a partir de um diário que ganhei de um professor como presente de aniversário aos 11 anos. A partir daí usava-o como um amigo com o qual desabafo, e ali transcrevia todos os meus conflitos internos desde criança, passados despercebidos pelo meus pais. Fui crescendo e as dores emocionais me corroíam. Guardei esse diário, e aos 18 anos, na transição da adolescência para a fase adulta, tive o primeiro surto psicológico e tentei suicídio pela primeira vez. Necessitava tomar, em média, de 9 a 10 tipos de medicações psicotrópicas para me manter bem. Depois de passar a morar em Camaçari, ter acesso a psicoterapia de fato e ter autoconhecimento e controle da patologia, me veio a ideia de quebrar o sigilo e falar, contar um pouco da minha história para fortalecer e levar uma mensagem de esperança às famílias e pessoas que também passaram ou passam pela mesma situação e não veem perspectiva de vida, de melhora”, relata a autora.

Hoje, ela se considera uma vitoriosa e pretende compartilhar esse sentimento com os leitores. Leidiane ainda destaca que realizou o sonho de ser mãe, visto como impossível por conta dos medicamentos.

“O grande objetivo do meu livro é alcançar o maior número de leitores e mostrar para as pessoas que, independente da sua limitação, você não é a sua patologia, há possibilidades, há tratamento. Que as pessoas sonhem, não se auto sabotem. Um problema psicológico é como uma doença física, necessita de cuidados e atenção. Quebrar o tabu de que ir ao psicólogo e ao psiquiatra é coisa de louco; loucura para mim é colocar sua própria vida em risco e da sociedade. Venho desmistificar tudo isso. Sou prova viva de que, com o acompanhamento adequado, tem solução e você consegue se superar. Hoje sou casada e tenho um filho que, perante a medicina, seria impossível devido às medicações que eu tomava. Fiz o desmame e consegui realizar o sonho da maternidade”, enfatiza.

Interessados em adquirir o livro podem entrar em contato com Leidiane por telefone (71) 9968-3279 ou pelo Instagram. “Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 12 mil brasileiros se suicidam e mais de um milhão de pessoas no mundo todo. A cada 40 segundos uma pessoa se suicida. Quero chamar atenção de crianças, adolescentes e adultos para que cuidem da saúde mental, pois ela é tão crucial quanto a saúde física”, conclui.

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.