Marcha para Jesus em Camaçari é adiada

A Marcha para Jesus que seria realizada no próximo sábado, 1° de junho, em Camaçari, foi adiada. Em nota o Conselho de Ministros Evangélicos de Camaçari (Comec) informa que ainda não há uma nova data definida.

Conforme o Comec, o cancelamento se deu porque não houve tempo hábil para o trâmite do processo de liberação do evento junto a órgãos públicos municipais como a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur) e Superintendência de Trânsito e Transporte (STT), nem para mobilização da Polícia Militar (PM). “A prefeitura teria apenas cinco dias para fazer todo o processo, bem como mobilizar equipes de trânsito e demais órgãos competentes”, comenta a entidade.

Ainda segundo o Comec, o comunicado junto aos órgãos públicos sobre a realização da Marcha para Jesus não foi feito com antecedência em função de terem “recebido de forma inesperada a proposta da participação gratuita dos cantores [Bruna Karla, Irmão Lázaro e Eric Carvalho] no evento”. Os artistas não cobraram cachê para participar da caminhada e a data do dia 1° de junho teria sido escolhida por conta dos cantores, que já estariam em agenda de shows na região.

Leia abaixo a nota na íntegra

O Conselho de Ministros Evangélicos de Camaçari (Comec) informa que a Marcha pra Jesus em Camaçari, que aconteceria no próximo sábado (01/06), com a presença dos cantores Bruna Karla, Irmão Lázaro e Eric Carvalho, foi adiada para uma data ainda não definida. Informamos que não houve tempo hábil para o trâmite do processo de liberação do evento nos órgãos públicos municipais, a exemplo da Sedur, STT, entre outros. A prefeitura teria apenas cinco dias para fazer todo o processo, bem como mobilizar equipes de trânsito e demais órgãos competentes. Também não haveria tempo de mobilização da Polícia Militar.

O Comec informa, ainda, que não fez o comunicado aos órgãos públicos com antecedência em função de ter recebido de forma inesperada a proposta da participação gratuita dos cantores no evento. Os mesmos viriam à cidade como uma oferta do irmão Sérgio Santos, da Serquip Eventos, e não cobrariam cachê. A data de 1º de junho foi escolhida por conta deles já estarem atendendo a uma agenda na região.

O Comec agradece ao irmão Sérgio pelo desejo de abençoar a cidade e lamenta o adiamento da Marcha. Seguiremos empenhados em ações que promovam o Reino de Deus na nossa cidade. Deus abençoe a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.