Fiquem conectados conosco

Esporte

João Vitor Carvalho, atleta camaçariense, é campeão Sul Brasileiro de Jiu-Jitsu

Beatriz Santos

Publicado

-

O jovem João Vitor Carvalho, de 17 anos, conquistou no último domingo (10) o título de campeão do Campeonato Sul Brasileiro de Jiu-Jitsu na categoria adulto faixa azul de peso pesado.  A competição aconteceu em Florianópolis, Santa Catarina, no Instituto Estadual de Educação.

O morador do bairro do Gravatá treina a modalidade desde os 13 anos.  João conta que tudo começou em um projeto social, a partir do momento que ele sentiu necessidade de exercer alguma prática esportiva por questões do peso.

Precisava emagrecer e controlar o meu emocional também e o jiu-jitsu me ajuda muito com isso, afirma o atleta.

Vitor já participou de campeonatos a níveis regionais, nacionais e internacionais como Prime Experiencie,  Regional InternacionalPro em Aracaju pela UAEJJF, Copa Tuche também em Aracaju, Campeonato Baiano e Campeonato Brasileiro CBJJ.

Dessas competições o atleta já levou medalhas de 3° colocado no Campeonato Brasileiro de BJJ pela CBJJ em 2017, foi bicampeão no Brasília Internacional Pro pela UAEJJF Federação dos Emirados Árabes Unidos de Jiu-Jitsu, foi campeão baiano de BJJ pela FBJJMMA e saiu como melhores do ano em 2016, 2017 e 2018.

João já tem novos planos para 2019. Rei do Tatame, Etapas do Campeonato Baiano pela FBJJMMA, Campeonato Brasileiro CBJJ, Campeonato Sul Americano CBJJ, Prime Experiencie, Salvador Open, Curitiba Open, São Paulo Pro e campeonato interno da sua equipe, a Raiz Jiu-Jitsu, fazem parte do projeto de novas conquistas do atleta camaçariense.

CAMAÇARI CARD
SUPERLIMP
Natal Boulevard 300×250

Copyright © 2017-2020 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.