Jauá: após incêndio, Defesa Civil garante que fará trabalho de conscientização sobre descarte adequado de lixo

Cerca de 11 horas, esse foi o tempo que durou o incêndio que atingiu vegetação que fica em frente à lagoa de Jauá, orla de Camaçari. Dois caminhões-pipa, um caminhão do Corpo de Bombeiros, 10 agentes da Defesa Civil e quatro bombeiros trabalharam no combate às chamas, que durou das 13h às 00h desta segunda-feira (21).

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Camaçari, Ivanaldo Soares, o fogo atingiu uma área de 500 metros de comprimento por 200 metros de largura. Conforme relato de moradores, o incêndio teria sido provocado por conta da queima de lixo no local.

“Não tem como ser um incêndio natural, ali é um terreno alagado. Foi um fogo provocado mesmo”, comenta Soares. Segundo a Defesa Civil, o estrago não foi maior porque as equipes, com ajuda de populares, conseguiram retirar moradores das casas próximas à regiçao. Nenhum morador ficou ferido.

Ivanaldo conta que o fogo chegou as proximidades das residências devido à vegetação que fica mais seca nesta época devido às altas temperaturas. Ele alerta para a necessidade de capinar com frequência para evitar acidentes. “Poderia ter acontecido uma tragédia pior”, ressalta. As chamas também se aproximaram do depósito de gás no local.

O fogo teria se alastrado rapidamente pelo junco, vegetação típica da região, justamente por conta do aspecto seco das plantas no verão. Quanto aos prejuízos provocados à flora e fauna, Soares disse que ainda não é possível dimensionar porque o terreno é alagado e de difícil acesso. Porém, serpentes foram capturadas e encaminhadas aos órgãos competentes.

Por conta das suspeitas levantadas por moradores, o coordenador afirma que a Defesa Civil iniciará um trabalho de conscientização para descarte adequado lixo, alertando, principalmente, para os perigos de queimadas. “Você jogar o lixo na lagoa e depois colocar fogo para descartar ele, isso é coisa do passado, coisa que não existe”, destaca.

Condomínios e casas de Jauá deverão receber a visita de agentes para orientar quanto à preservação do meio ambiente. “Lembrar que isso é trabalho de cada um”, frisa.

A Defesa Civil atende aos chamados pelo 199.

2 comentários em “Jauá: após incêndio, Defesa Civil garante que fará trabalho de conscientização sobre descarte adequado de lixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.