Inflação na Região Metropolitana de Salvador fica em 0,08% no mês de outubro

Em outubro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medida oficial da inflação, ficou em 0,08% na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O resultado desacelerou em relação ao índice de setembro (0,14%) e ficou abaixo do apurado em outubro de 2018 (0,46%). Foi também a menor inflação para um mês de outubro na RMS desde 2014 (0,05%).

O IPCA de outubro na RM Salvador ficou abaixo da média nacional (0,10%). No mês, o índice foi maior no município de Campo Grande/MS (0,31%), na Grande Vitória/ES (0,29%) e na Região Metropolitana do Rio de Janeiro/RJ (0,27%).

Seis das 16 áreas investigadas no país tiveram deflação em outubro. Os menores índices foram os registrados na Região Metropolitana de Curitiba/PR (-0,12%) e nos municípios de Rio Branco/AC (-0,14%) e São Luís/MA (-0,37%).

Com o resultado do mês, o IPCA na RM Salvador acumula alta de 2,40% no ano de 2019, mostrando a terceira aceleração seguida (havia ficado em 2,32% em setembro), mas ainda se mantendo abaixo do verificado no país como um todo (2,60%). A inflação acumulada neste ano na RMS segue mais baixa também do que a do mesmo período de 2018 (3,78%).

Já no acumulado nos 12 meses encerrados em outubro, a inflação na RM Salvador desacelerou, indo a 2,66% (havia ficado em 3,05% em setembro). Continua maior, porém, que a média nacional (2,54%).

Leia também 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.