IFBA Camaçari adere à ‘Greve Nacional da Educação’ nesta quarta-feira

Após o Ministério da Educação (MEC) anunciar o corte nas verbas de diversas universidades federais, o Conselho de Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) informou em nota que aproximadamente 38% dos recursos dos institutos federais foram bloqueados.

Em função da redução do investimento serão realizadas diversas manifestações em todo o país intituladas “Greve Nacional da Educação”, nesta quarta-feira (15). Em Camaçari, os alunos do IFBA informaram que irão aderir à greve pelo direito da população de estudar. A concentração será no estacionamento da Prefeitura, em frente à Ordem de Advogados do Brasil (OAB), às 8h30, com previsão de saída às 9h30 e passagem pelo Centro, até a Praça Montenegro.

“A comunidade do Instituto Federal de Ensino, Ciência e Tecnologia da Bahia, campus Camaçari vem comunicar à população que o IFBA aderiu à Greve Nacional da Educação, marcada para o dia 15 de maio de 2019, em função do corte de recursos federais para a educação pública, o que compromete todos aqueles que precisam da educação pública para a sua formação e sobrevivência. A ‘Educação’ de Camaçari está nas ruas em defesa do direito da população de trabalhar e estudar!”, declararam os alunos da instituição.

Ainda de acordo com os estudantes, com o corte das verbas, o Campus Camaçari possui recursos para se manter apenas até agosto. “Segundo estimativas, com esse corte o Campus de Camaçari só terá verbas para pagar as suas contas até o mês de agosto. Ou seja, por falta de recursos, o IFBA Camaçari poderá interromper o seu funcionamento”.

Vale lembrar que o instituto possui 11 anos de atuação no município e colabora para a qualificação profissional de milhares de pessoas, forma professores e permite que centenas de jovens ingressem na universidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.