IBGE: comércio varejista baiano tem queda histórica em março

De acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE) nesta quarta-feira (13), em março, as vendas do varejo na Bahia recuaram (-9,7%) em relação ao mês anterior, na série livre de influências sazonais, depois de terem avançado 0,7% em fevereiro.

Na comparação com o mês anterior, foi a maior queda do comércio varejista no estado em 20 anos, desde o início da nova série histórica da Pesquisa Mensal de Comércio do IBGE (em 2000).

De fevereiro para março, o comércio varejista baiano teve um resultado pior que o do Brasil como um todo, onde as vendas caíram -2,5%, com retrações em quase todos os estados.

Com o desempenho de março, as vendas do varejo baiano acumulam queda de -2,3% no primeiro trimestre de 2020, frente ao mesmo período de 2019.

Leia também

– Clique aqui e leia as últimas notícias.
error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.