Fiquem conectados conosco

Geral

Green Card: veja quais mercados e farmácias recebem o cartão do Bolsa Social

Mirelle Lima

Publicado

em

Foi realizada nesta quarta-feira (31) no Ginásio de Esportes da Cidade do Saber em Camaçari a cerimônia de entrega de 1 mil cartões para os primeiros beneficiados pelo programa de transferência de renda municipal, o Bolsa Social. As famílias contempladas contarão com um cartão, com crédito no valor de R$100 ou R$150, a depender da renda familiar. Este cartão poderá ser utilizado em farmácias e supermercados do município.

Andrea Montenegro, secretária de Desenvolvimento Social. Foto: Hyago Cerqueira

O Bolsa Social é gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes). Em entrevista ao Destaque1, a responsável pela pasta, Andrea Montenegro, enalteceu a relevância do programa. “O sentimento é de dever realizado, de fazer história no município trazendo um programa social como esse, que é de grande importância”.

Com a bandeira da rede Green Card, diversos mercados aceitam o cartão em Camaçari, entre os estabelecimentos estão os supermercados Atakarejo, Assaí, Bompreço, Mix Bahia, UniBahia, entre outros.

Foto: Reprodução

Além de supermercados, é possível comprar medicamentos na Drogaria Adonai, na Avenida Padre Paulo Maria Tonucci, no bairro Nova Vitória, telefone 71 3621-3941,  e também na unidade da mesma farmácia na Avenida Concêntrica, na Gleba B, telefone 71 3621-7773.

Drogaria Adonai no bairro Nova Vitória. Foto: Lenielson Pita

Outra drogaria que também aceita a bandeira Gree Card do Bolsa Social é a Farmácia Santo Antonio. O estabelecimento possui duas unidades, uma na Rua da Bandeira, no Centro, telefone 3621-4510, e outra próximo ao 10º Grupamento de Bombeiros Militar [antigo Derba], na Avenida 28 de Setembro, telefone 3622-8112.

Além dessas, a Drogaria Monalisa, na Rua Acácia Amarela, na Gleba E, telefone 3621-5602, e a Farmácia Hiper Popular, na Rua Acajutiba, na Gleba C, telefone 3054-5575, também aceitam o cartão com a bandeira Green Card do Bolsa Social.

Contemplada com o programa, Antonia da Silva, moradora do Jardim Limoeiro, ressaltou que Camaçari não tinha nenhum programa como este, que causa o sentimento de acolhimento.

 

Antonia da Silva. Foto: Hyago Cerqueira

Para a moradora da Nova Vitória, Nagela das Neves, o benefício é uma grande ajuda para quem mais precisa. “É muita gratidão, é mais um custo de renda para a gente sobreviver, é uma grande ajuda pra quem tá precisando”.

Márcia de Jesus. Foto: Hyago Cerqueira

Moradora do Jardim Limoeiro, Márcia de Jesus, revelou que ser beneficiada pelo programa é quase inexplicável. “Eu tô uma felicidade sem explicação, a mão tá até suando. É saindo daqui e indo pro mercado, já tenho na cabeça certinho o que vou comprar”, contou.

Elinaldo Araújo, prefeito de Camaçari. Foto: Hyago Cerqueira

O prefeito Elinaldo Araújo (DEM) explicou que, aliado aos demais programas municipais, o Bolsa Social irá incentivar o crescimento da economia local.

 

Para Maria Meire, moradora da Nova Vitória, o benefício vai ajudar a dar aquilo que os filhos pedirem. “Não é fácil pra pessoa de baixa renda sempre estar com armário puro, a geladeira pura, e a fome não espera, então esse cartão vai estar ajudando bastante, eu tenho dois filhos e agora vai ser algo a mais, quando ele pedirem eu vou poder dar”.

Maria Meire. Foto: Hyago Cerqueira

Moradora do Jardim Limoeiro, Cleonice de Jesus, que o programa gera segurança. “Vai ser ótimo, porque aí a gente vai ter aquela expectativa de ir no mercado comprar, pra poder comprar o que precisar, uma segurança de saber que tem. Principalmente pra os nossos filhos, o que eles pedirem agora a gente vai poder dar”, relatou.

Cleonice de Jesus. Foto: Hyago Cerqueira

Interessados em participar do programa, devem se dirigir ao Centro de Referencia de Assistência Social (Cras) do bairro onde reside. A permanência no programa está condicionada à matrícula regular dos dependentes em idade escolar em unidades de ensino público municipal, estadual ou federal, ou em rede particular com bolsa integral ou semi-integral que não ultrapasse R$100 de mensalidade. A frequência mínima escolar exigida é de 85%.

*Matéria atualizada para acréscimo de informação às 21h21, em 31 de julho de 2019.

UNIÃO 1
CAMAÇARI CARD
SUPERLIMP
ASSINATURA DESTAQUE1
HELLOA

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.