General Floriano Peixoto será nomeado presidente dos Correios

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve nomear o atual Secretário-Geral da Presidência, Floriano Peixoto Neto, como novo presidente dos Correios. O general assumirá o lugar de Juarez Cunha, que foi demitido do cargo após justificativa de Bolsonaro de que teria se comportado como um sindicalista e se oposto à ideia de privatização da estatal.

General Peixoto será o quarto ministro a cair no atual governo. Ele chegou ao posto em fevereiro substituindo Gustavo Bebianno, também demitido pelo presidente.

O então ministro-chefe iniciou a carreira militar em 1973 e concluiu a formação na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) em 1976, na arma de infantaria. Paraquedista militar, alcançou o posto de general de divisão (três estrelas), o penúltimo na hierarquia do Exército. Ele passou à reserva em março de 2014.

Participou duas vezes da Missão de Paz das Nações Unidas no Haiti, uma como oficial de operações e outra como o comandante das forças militares no país. Ele liderava a missão quando ocorreu o terremoto no Haiti, em 2010.

Floriano é formado em Administração de Empresas e tem MBA em Gerência Executiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.