Enem: estudantes prejudicados por logística poderão refazer a prova em dezembro

Os participantes que se sentirem prejudicados por algum problema logístico ocorrido durante a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019, tanto no domingo que já passou, 3 de novembro, quanto no próximo (10), poderão solicitar uma nova aplicação da prova.

O pedido deve ser feito de segunda-feira (11) a 18 de novembro, por meio da Página do Participante, portal da internet para inscritos no Enem. As informações são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela aplicação do exame.

De acordo com o Inep, a solicitação não significa que o participante terá automaticamente direito à reaplicação. Cada caso será analisado de forma individual pela Comissão de Demandas do Instituto. Caso o pedido seja aceito, a prova será aplicada em 10 e 11 de dezembro.

Problema logístico

O Inep considera como problema logístico a existência de um desastre natural que comprometa o local da prova ou a aplicação do exame em locais com infraestrutura inapropriada. A lista inclui, ainda, erros cometidos pelo aplicador do exame que comprovadamente tenham prejudicado o desempenho do candidato e a falta de energia elétrica que comprometa a visibilidade por falta de luz natural.

Caso o pedido se encaixe em um desses cenários, a pessoa deverá solicitar a reaplicação na Página do Participante. O resultado da solicitação será publicado na mesma página.

Leia também 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.