Empresa de calçados planeja ampliar fábrica em Alagoinhas

A fábrica da Malu Calçados em Alagoinhas deve ser ampliada em breve. A informada foi comunicada pelo CEO do grupo, Vitor Reichelt, em audiência com o governador Rui Costa (PT) e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Luiza Maia, na última quinta-feira (10).
O objetivo, de acordo com a empresa é aumentar a produção de calçados em 30%. Além disso, também serão gerados 250 novos empregos diretos. Rui orientou a empresa a apresentar um plano de negócios à SDE e Desenbahia, para um futuro financiamento do projeto de ampliação. Em paralelo, a empresa vai apresentar à secretaria projeto solicitando a dilação de prazo dos benefícios fiscais, em função da ampliação.
A capacidade de produção atual da Malu Calçados é de 10 mil pares diários. Com a ampliação, esse número irá saltar para 13 mil por dia. Metade da produção é exportada e 50% restante vai para o mercado interno.
Luiza Maia comemorou a notícia. “O setor calçadista é um dos prioritários no Estado. Gera muito emprego, adensa a cadeia produtiva, movimenta a economia das cidades onde o segmento está presente e tem dado resultados positivos ao estado”, afirma a secretária.
A Malu Calçados está na Bahia desde 2016 e fabrica calçados femininos. A Europa é o principal mercado consumidor da empresa. Estados Unidos e Ásia também são clientes da marca. Além de fabricarem produto próprio, fazem terceirização para marcas como Arezzo, Mr. Cat, Sonho dos Pés, Renner, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.