Fiquem conectados conosco

Geral

Em meio à pandemia, festejos de São Thomaz de Cantuária fortalecem fé dos camaçarienses

“Foi um grande desafio”, destacou Dom João Carlos Petrini.

Melissa Duarte

Publicado

em

Catedral São Thomaz de Cantuária. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Nesta quinta-feira (7) é feriado em Camaçari, dia do padroeiro do município, São Thomaz de Cantuária. Historicamente, a celebração acontece por meio da tradicional procissão, que anualmente reúne milhares de fiéis pelas ruas. Porém, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), foi necessário usar a criatividade para não deixar os festejos de lado. A organização foi rigorosa e contou com a realização de missas separadas para conter o número de participantes.

São Thomaz de Cantuária. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Missa na Catedral São Thomaz de Cantuária. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

O planejamento contou com sete missas divididas em diferentes horários e a realização de uma carreata no final da tarde para encerrar o festejo religioso. Na avaliação do bispo da Diocese de Camaçari, Dom João Carlos Petrini, a data é de extrema importância para a população e marca o início do ano de forma positiva.

Dom Petrini, bispo da Diocese de Camaçari. Foto: Patrick Abreu /Destaque1

“Foi um grande desafio. Fomos obrigados neste ano a fazer tudo dentro dos limites do distanciamento, mas, com um pouco de criatividade, conseguimos resolver isso. Hoje foram celebradas sete missas com algumas centenas de pessoas, e depois seguimos com a carreata. As transmissões através de redes sociais facilitaram a participação dos idosos que não podem vir até a igreja. É um momento muito importante para Camaçari, um momento religioso e civil, pois é como se esse dia fosse o início do ano. Tivemos a participação dos políticos, e eu espero que tenhamos limitado ao máximo as provocações causadas pela pandemia”, afirmou.

Antes da carreata, estiveram presentes na última missa diversas figuras políticas do município. O presidente da Câmara, Júnior Borges, enfatizou o apoio que a Casa Legislativa pretende oferecer à Igreja.

Junior Borges, presidente da Câmara. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

“Gostaria de parabenizar todo o povo católico. Eu sempre participei dos festejos de São Thomaz, em especial da procissão. E, este ano, por conta do Covid-19, tivemos mudanças, e estamos percebendo hoje aqui o cuidado que a igreja está tendo com seus fiéis. Foi tudo mudado para ser feita uma carreata com vidros fechados, para não ter aglomeração, então tudo isso faz com que a gente perceba o cuidado que a Igreja Católica está tendo com as famílias do município. A Câmara sempre estará à disposição da Igreja, temos que ser gratos a Deus e ao padroeiro da cidade para continuar trabalhando e acreditando que dias melhores virão, e daqui a pouco a vacina para as pessoas ficarem mais tranquilas”, frisou.

O vereador Tagner Cerqueira (PT) pediu proteção ao padroeiro e destacou que a celebração é sempre uma renovação na história de Camaçari.

Tagner Cerqueira, vereador. São Thomaz de Cantuária. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Ouça:

 

Na opinião do prefeito Elinaldo Araújo (DEM), o momento é de reflexão e de pedidos para que 2021 seja um ano de cura e de bênçãos a todos os camaçarienses. 

Elinaldo Araújo, prefeito. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

“O dia do nosso padroeiro ocorreu de forma diferente: primeiro a missa e depois a carreta. Peço a nosso padroeiro que nos abençoe, que interceda o nosso senhor Jesus Cristo para o mundo vencer essa pandemia que tem nos maltratado tanto. É momento de reflexão, de ver o que fizemos no ano passado, um 7 de janeiro diferente, mas a população veio em um motivo de fé; 2021 vai ser um ano diferente, será um ano que vai ter a vacina, o mundo será curado e as coisas vão avançar”, declarou.

Para os fiéis, ainda que diferente, a celebração não perdeu o significado e a importância de homenagear o padroeiro. Maria Cristina, 48 anos, não deixa de participar e sempre agradece por ter sido bem acolhida em Camaçari quando veio morar no município há oito anos.

Missa de São Thomaz de Cantuária. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Maria Cristina, devota. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Ouça:

 

De acordo com o estudante Wesley de Jesus, 15 anos, o festejo é uma tradição familiar e uma oportunidade para se encher de espiritualidade. “Acompanho os festejos desde pequeno, me enche de espiritualidade e traz um sentido para minha vida”, disse.

Wesley de Jesus, devoto. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Para concluir o dia e distribuir as bênçãos do padroeiro, a carreata de São Thomaz de Cantuária, que teve a concentração na Praça Montenegro, começou por volta das 17h e contou com um número expressivo de carros. Moradores de diversos bairros saíram de suas casas para observar a imagem do santo e a passagem dos veículos, além de pedir por um ano mais próspero e afetuoso.

Catedral São Thomaz de Cantuária. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

São Thomaz de Cantuária. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Óstea. Foto: Patrick Abreu/Destaque1

Copyright © 2017-2021 Destaque1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total de conteúdo deste site sem autorização por escrito da Good Comunicação Ltda. Rua Francisco Drumond, nº 54 A, 1º Andar, Sala 102, Centro, Camaçari, Bahia.

error: Alerta: Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou botões disponíveis na página. A medida visa preservar o investimento que o Destaque1 faz no jornalismo.