Em jogo difícil, VAR entra em cena e Bahia conquista bicampeonato; time alcança marca de 48 títulos baianos

Depois do empate em 1 a 1 em Feira de Santana, Bahia e Bahia de Feira fizeram um jogo cheio de emoções na Fonte Nova, com direito a bola na trave, VAR, e defesa de pênalti. A segunda partida da final do Campeonato Baiano aconteceu na tarde de ontem (21), domingo de Páscoa, e teve casa cheia, cerca de 41 mil torcedores estavam presentes.

O primeiro tempo começou movimentado, e logo aos sete minutos, o Bahia acertou uma bola na trave com Arthur Caíke em cobrança de falta. A partir daí, todas iniciativas partiram do Tricolor da capital. O Tremendão só veio a responder aos 38 minutos com um chute forte de Jarbas, de fora da área, dando trabalho para o goleiro Anderson, que defendeu com dificuldade.

No segundo tempo o Esquadrão voltou para frente, para buscar o resultado e fez uma pressão na defesa do Bahia de Feira. A estratégia deu resultado e o Bahia de Feira acabou cometendo pênalti em Eric Ramires, confirmado pelo VAR. Gilberto foi para bola e abriu o placar para explodir a Fonte Nova aos oito minutos da segunda etapa.

Após o gol sofrido, o técnico Barbosinha decidiu colocar sua equipe para frente. Essa estratégia rendeu muitas faltas na entrada da área, e em uma delas, o atacante Gilberto desvia a bola com o braço. Pênalti confirmado pelo VAR. Vitinho foi para cobrança e Anderson defendeu a penalidade e o rebote, mantendo a vantagem do Bahia no placar.

Os feirenses ainda acertaram a trave em cobrança de falta, mas a partida terminou mesmo no 1 a 0. Festa dos Tricolores da capital, que levantaram a sua quadragésima oitava taça de Campeão Baiano junto com seu Abel de 82 anos e há 30 é funcionário do Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.