Elinaldo assina ordem de serviço para requalificação do Horto Florestal; obras devem durar oito meses

O prefeito Elinaldo Araújo (DEM) assinou nesta quarta-feira (12), a ordem de serviço para a requalificação do Horto Florestal. A autorização para a obra aconteceu em um dos acessos do local, que, conforme anunciado na cerimônia, será transformado em um parque ecológico com atrativos diversos. O projeto prevê, além das melhorias na infraestrutura, a inclusão de equipamentos modernos que potencializarão, ao mesmo tempo, a funcionalidade do espaço enquanto opção de lazer e como fonte de aprendizado prático sobre ecologia e consciência ambiental.

A iniciativa representa um investimento de mais de R$ 7,5 milhões, verba proveniente da Corporação Andina de Fomento (CAF) – conhecida como Banco de Desenvolvimento da América Latina. O ato reuniu moradores, representantes da Câmara de Vereadores e integrantes do secretariado municipal. A previsão de entrega da obra é de oito meses.

Arte: Divulgação

O gestor municipal explicou que o local terá vários atrativos após a obra. “Não vai ser um simples horto, vai ser um parque, com 11 lugares para visitação. Essa obra fará com que a sede de Camaçari seja viva, atraia turistas, fará com que a região no entorno seja valorizada e a economia seja mais dinâmica. A requalificação do Horto Florestal está entre as grandes obras que irão transformar a nossa cidade”, frisou.

Para o secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), Genival Seixas, o local será um equipamento de lazer e cultura. “Todo o bairro vai ser impactado positivamente pelo que será realizado aqui. Será muito mais do que um viveiro de mudas no centro da cidade. Os serviços serão ampliados, teremos um equipamento de lazer e de cultura, ambiente para práticas sociais e esportivas, e muito mais”, revelou.

Arte: Divulgação

Moradora do bairro da Gleba B desde a infância, a cozinheira Marilene Costa, 59 anos, se diz esperançosa diante das projeções do novo horto. “A sensação de insegurança que existe na minha vizinhança, por conta do estado de abandono deste lugar, vai ser transformada em sensação de orgulho”, contou.

Indicação

Devido à precariedade do local, o vereador Adalto Santos (Sem Partido) apresentou em 2017, a indicação n° 198/2017, que previa requalificação com expansão da área, plantio de novas árvores, espaço de lazer e entretenimento no local.

“Estive no Horto para uma visita com agentes comunitários de saúde e fiquei muito preocupado com o total abandono do local. Logo em seguida, a imprensa noticiou alguns casos de violência e, de imediato, fiz a indicação e comecei a cobrar a execução ao prefeito Elinaldo”, relatou o vereador.

No entanto, a ação não foi colocada em prática e o parlamentar insistiu na proposta em 2018 e 2019 em parceria com o atual secretário de Turismo e vereador licenciado, Gilvan Souza.

“Para mim é uma alegria, após anos de cobrança e luta ver esse sonho de tantos munícipes se tornar realidade. O sentimento é de dever cumprido, de poder contribuir para uma cidade melhor”, comemora Adalto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Para compartilhar esse conteúdo, por favor, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. As regras tem como objetivo proteger o investimento que o Destaque1 faz na qualidade de seu jornalismo.